A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/05/2016 18:22

Caso suspeito de gripe A assusta pais e funcionários de escola municipal

Michel Faustino e Leandro Abreu
Aulas em escola municipal foram suspensas nesta quarta-feira. (Foto: Fernando Antunes)Aulas em escola municipal foram suspensas nesta quarta-feira. (Foto: Fernando Antunes)

Funcionários e pais de alunos da escola municipal Consulesa Margaria Maksound Trad, no bairro Estrela Dalva, estão assustados depois que uma aluna de oito anos foi diagnosticada com suspeita da gripe A – (Influenza H1N1). A situação fez a Semed (Secretaria Municipal de Saúde) antecipar o feriado e suspender as aulas, nesta quarta-feira (25), na unidade.

Segundo a diretora adjunta da instituição, Gladimar Mariano Cáceres, a situação deixou toda a comunidade em alerta. “Os funcionários ficaram tensos porque a gente sabe que é um doença perigosa. Todos estão em alerta”, comenta.

Conforme Gladimir, os cuidados devem ser redobrados e algumas medidas postas em prática a partir da próxima semana, como o aumento na rotina de higienização da escola, disponibilização de álcool em gel para alunos e funcionários. “Além disso, vamos liberar os alunos mais vezes para ir ao banheiro para poder higienizar às mãos', completa.

Ainda, a servidora diz que a direção tem divulgado alertas por meio das redes sociais para conscientizar pais, alunos e funcionários da importância de ter cuidados para evitar a doença.

Caso – A menina de oito anos, do segundo ano do ensino fundamental, está internada em estado grave desde o último domingo, 22, no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) da Santa Casa. Até o final da tarde de amanhã deve sair o resultado do exame que vai confirmar ou não a contaminação pelo vírus Influenza.

As informações foram divulgadas na tarde desta terça-feira, 24, durante uma entrevista coletiva no plenarinho do Gabinete do Prefeito Alcides Bernal. Conforme com a secretária municipal de educação , Leila Machado, a menina teria sentido os sintomas de gripe na sexta-feira, 20, e não foi a aula. Os pais a levaram a menina à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino, onde a garota foi medicada e liberada.

Em Campo Grande já são 34 casos de gripe A confirmados e 154 notificados. Quatro pessoas morreram vítimas da doença, sendo um professor de filosofia da EscolaEstadual Amélio de Carvalho Baís, no Bairro Coophatrabalho, no último dia 17. O professor Edevaldo Souza Prado tinha 57 anos e morreu depois de ficar dois dias internado na Santa Casa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions