A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/08/2015 08:43

Católicos convocam caminhada da família para valorizar o casamento

Flávia Lima
Celebrações terão depoimento de famílias que irão falar sobre superação de problemas e convivência. (Foto:Elizabeth Santa Bárbara) Celebrações terão depoimento de famílias que irão falar sobre superação de problemas e convivência. (Foto:Elizabeth Santa Bárbara)
Casal Nei Dagnes e Mirian Lino, acredita que a valorização da família através da igreja contribui com a educação dos filhos. (Foto:Arquivo Pessoal)Casal Nei Dagnes e Mirian Lino, acredita que a valorização da família através da igreja contribui com a educação dos filhos. (Foto:Arquivo Pessoal)

Uma grande caminhada formada por fiéis da igreja católica está sendo organizada pela Arquidiocese de Campo Grande para marcar o início da Semana da Família, que na edição deste ano tem a proposta de valorizar o casamento. Segundo a coordenadora do evento, Elizabeth Santa Bárbara, a expectativa é reunir pelo menos mil pessoas de todas as paróquias da Capital.

"Como é nossa primeira caminhada, não queremos ter grandes expectativas, mas vamos reforçar o convite em todas as comunidades”, ressalta Elizabeth, que também é coordenadora arquidiocesana da Pastoral Familiar. Com o lema “Construa boas atitudes na família, que o mundo mudará a partir dela”, a semana vai trabalhar questões familiares em todas as igrejas, a partir de palestras, grupos de orações e celebrações especiais.

Ponto de partida das atividades, a caminhada terá início às 8h30 e concentração em frente a Cúria Metropolitana, na Rua Amando de Oliveira, no bairro Amambaí e seguirá pela Avenida Afonso Pena. O trajeto seguirá pela Rua 14 de Julho, Dom Aquino, com encerramento na Avenida Ernesto Geisel, próximo a antiga rodoviária.

Durante o percurso, o padre Luciano Scampini vai ressaltar a importância do resgate da convivência familiar através de frases e orações.

O evento, que acontece entre os dias 8 e 15 de agosto, foi criado pela CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) em 1992, com o intuito de discutir questões pertinentes ao convívio familiar e educação dos filhos, com base na fé católica.

Elizabeth explica que cada paróquia vai desenvolver atividades pertinentes a realidade da região em que está situada. “Por, exemplo, nas Moreninhas, haverá palestras sobre sexualidade e respeito ao parceiro.

Nos grupos de oração, serão feitas reflexões bíblicas sobre a necessidade de buscar solução para os conflitos familiares através da fé e durante as celebrações, famílias de fiéis serão convidadas a prestar testemunho de situações que foram superadas através da união familiar.

Para Elizabeth Santa Bárbara, o tema deste ano é oportuno devido as questões morais que, segundo ela, estão em evidência. “Para todo lado que você olha, há uma desagregação. Nossas famílias estão se desfacelando. Os jovens se casam e no primeiro problema, separam”, destaca a coordenadora da caminhada.

Quanto a realidade de Campo Grande, Elizabeth diz que o fato de a Capital estar em 3º lugar no número de divórcios do país, segundo o IBGE, é preocupante e coloca em risco a formação dos filhos. “É terrível para uma criança uma separação. O casal precisa lutar junto e superar as barreiras. O casamento é uma construção diária”, afirma.

Na sua opinião, é preciso incentivar prática da fé, o que, segundo Elizabeth, é a base para todo núcleo familiar, por isso os testemunhos de convivência e a participação de todos os membros da família nas missas e celebrações será incentivado ao longo da semana.

Alicerce - O mesmo pensamento é compartilhado pelo casal Mirian Lima Lino e Nei Dagnes Lino. Os dois são ministros de Eucaristia e membros da igreja Nossa Senhora da Abadia, no bairro Chácara Cachoeira. De acordo com Mirian, a participação da comunidade em atividades que enaltecem o papel das famílias na sociedade contribui para a formação dos jovens. "A família construída dentro de uma religião tem um alicerce mais forte para enfrentar os problemas", destaca.

O casal, que no momento está envolvido na organização de um encontro de casais da paróquia que frequentam, afirma que eventos dese tipo fortalecem os laços familiares e ajuda, inclusive, a renovar o matrimônio. "Muitos casais depois dão depoimento sobre o quanto o encontro ajudou em suas vidas. mesmo os filhos não participando, o que eles ouvem acabam levando para a relação com os  demais parentes", afirma Mirian.

E com o objetivo de auxiliar nesse trabalho de valorização familiar, a semana também contará com a participação de representantes nacionais da Escola de Pais, organização católica que tem a proposta de preparar os jovens para desempenhar a função de pais, sob a visão cristã.

O calendário de atividades termina dia 15, data em que se comemora o dia de Nossa Senhora da Abadia. Será celebrada missa pelo arcebispo Dom Dimas Lara Barbosa, na paróquia Santo Antonio, que também leva o nome da santa, localizada na Rua 15 de Novembro, no Centro da cidade. “Como lá é a catedral, vamos encerrar com uma grande festa para as famílias”, diz Elizabeth.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions