ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 14º

Capital

Centro de Convenções e Centro Cultural serão reformados por R$ 13,9 milhões

Rubens Gil de Camilo e José Otávio Guizzo passarão por obras e contrato foi publicado no Diário Oficial

Por Ana Paula Chuva | 23/05/2022 12:49
Fachada do Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo. (Foto: Divulgação | Governo de MS)
Fachada do Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo. (Foto: Divulgação | Governo de MS)

O Governo do Estado publicou no Diário Oficial desta segunda-feira (23), os contratos para revitalização do Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, no Parque dos Poderes e reforma e ampliação do Centro Cultural José Otávio Guizzo, no Centro. Ao todo, as obras custarão R$ 13,9 milhões.

No Centro de Convenções, serão feitas adequações de acessibilidade, instalações elétricas e esquadrias. Valorização da história, cultura e do turismo de Mato Grosso do Sul. A obra vai custar R$ 5,1 milhões e a empresa escolhida terá 360 dias para conclusão, a partir da ordem de serviço.

A revitalização faz parte do programa “Retomada MS”, que foi lançado pelo governador Reinaldo Azambuja com objetivo de resgatar e apoiar os setores prejudicados durante a pandemia. Ao todo, foram disponibilizados R$ 18,6 milhões para reformas do patrimônio cultural do Estado.

“É uma obra fundamental, em um local que faz parte da história do Estado e agora, vai dispor de uma revitalização para se tornar um espaço moderno, se mantendo na vanguarda. Trata-se de uma obra arquitetônica de destaque”, afirmou o diretor-presidente da Fundtur (Fundação de Turismo de MS), Bruno Wendling.

O Centro de Convenções foi inaugurado em 1994 e faz parte da história do Estado. O espaço conta com quatro auditórios, com capacidade total de 1.483 lugares, em uma área de 1726 m² para exposições, eventos e feiras, além de restaurante, lanchonete, sala VIP, sala de imprensa e ambulatório para emergências médicas. Vinculado a Fundtur (Fundação de Turismo de MS), o espaço já recebeu inúmeros shows, espetáculos, congressos e eventos regionais, nacionais e internacionais.

Fachada do Centro Cultural José Otávio Guizzo. (Foto: Saul Schramm | Governo de MS)
Fachada do Centro Cultural José Otávio Guizzo. (Foto: Saul Schramm | Governo de MS)

Já para o Centro Cultural José Otávio Guizzo, o investimento é de R$ 8,8 milhões para reforma e ampliação do espaço. Neste caso a empresa escolhida terá prazo de 300 dias para conclusão.

A obra também faz parte do programa “Retomada MS” e um dos grandes objetivos é a retomada das peças teatrais, cursos, oficinas e ações que valorizam os artistas sul-mato-grossenses.

O Centro Cultural fica na Rua 26 de Agosto, Centro, no terreno onde funcionou a antiga usina elétrica da Capital em 1919. Na década de 60, o espaço se tornou o Fórum de Campo Grande e em outubro de 1984, o José Otávio Guizzo foi inaugurado.

Nos siga no Google Notícias