A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

13/11/2015 09:15

Centro que atende pelo SUS para detectar distúrbios do sono já funciona no HU

Flávia Lima

Pessoas com dificuldade para dormir já contam com uma unidade de tratamento que atende pela rede pública de saúde, na Capital. O HU (Hospital Universitário) Maria Aparecida Pedrossian já está operando o Centro de Medicina e Distúrbios Respiratórios do Sono, localizado no setor de pneumologia.

O laboratório é o primeiro do Centro Oeste a atender pelo SUS (Sistema Único de Saúde) e um dos poucos no Brasil que recebe a especialidade.

O centro foi criado a partir de parceria entre o governo do Estado e o HU e os atendimentos já tiveram início, inclusive com a realização do exame de polissonografia, onde o paciente dorme com sensores fixados na superfície do corpo.

O objetivo é registrar as atividades cerebrais durante a noite, analisar os movimentos noturnos das pernas, contrações da face, respiração, arritmias cardíacas, apnéia, intensidade do ronco e ainda oxigenação sanguínea.

Com o exame é possível detectar os distúrbios que atrapalham a qualidade do sono do paciente e indicar o tratamento necessário. De acordo com o médico Paulo de Tarso Muller, chefe de Pneumologia e Medicina Respiratória do hospital, uma noite bem dormida contribui com a prevenção de doenças.

Graças a pesquisas, mais de 100 distúrbios já foram identificados, como dificuldade de adormecer ou permanecer dormindo, problemas para permanecer acordado ou manter uma rotina regular de sono e comportamentos incomuns durante a noite.

“É um ganho enorme para nossa região e para os pacientes que sofrem com este distúrbio porque agora podem se tratar no hospital”, disse

As doenças ocasionadas pelos distúrbios são tão preocupantes, que levaram a Câmara Municipal a aprovar, em agosto deste ano, projeto de lei que obriga o Poder Público, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, a instituir diretrizes para o diagnóstico e tratamento de distúrbios do sono, em alunos da Rede Municipal de Ensino que apresentarem histórico de problemas como sonolência, apneia, narcolespia e bruxismo

A equipe do centro de Distúrbios Respiratórios e do Sono do HU também conta com o neurofisiologista Luiz Carnelos e os pneumologistas Henrique Brito e Lilian Andries.

O paciente interessado em se consultar no setor pode realizar agendamento pelo telefone 3345-3149 ou procurar a recepção do local, que fica no prédio externo do hospital.

Lei que oferece tratamento contra distúrbios do sono é sancionada
O prefeito Gilmar Olarte sancionou o Projeto de Lei 5.601, de 12 de agosto de 2015,  que obriga o Poder Público, por meio da Secretaria Municipal de ...
Falta de sono interfere mais na produtividade do que o álcool
Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade Cambridge, na Grã-Bretanha, em conjunto com a Rand Europe, um instituto de pesquisa britânico, ...
Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions