A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

24/06/2013 09:59

Ciclovia da Afonso Pena receberá ajuste de nivelamento e ampliação sobre viaduto

Luciana Brazil
Trecho sobre viaduto terá ampliação e desníveis serão nivelados. (Foto:Marcos Ermínio)Trecho sobre viaduto terá ampliação e desníveis serão nivelados. (Foto:Marcos Ermínio)

A ciclovia da avenida Afonso Pena, em Campo Grande, passará por ajustes em trechos onde foram detectados problemas de circulação. A passagem sobre o viaduto da rua Ceará é o ponto mais crítico, segundo o titular da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz. No ajuste da ciclovia também está previsto o nivelamento de alguns trechos. Mas as correções só devem acontecer em 2014, já que ainda não há recurso alocado para as intervenções.

Segundo Semy, o ponto que requer medidas mais urgentes é o deslocamento sobre o viaduto. Ele explicou que a passagem sobre o viaduto é estreita e acaba se tornando perigosa para os ciclistas. “Temos que ampliar a passagem no viaduto sobre a Rua Ceará. Dá forma como está hoje é perigoso. Temos que evitar que o ciclista dispute espaço com os veículos”.

A construção de uma passarela metálica ou a mudança no viário são duas alternativas propostas inicialmente, e que poderiam acabar com o problema no local.

“A opção seria fazer uma passarela metálica naquele ponto ou mexer no viário, que seria deslocar um pouco a pista de carros para outra margem e ainda construir um muro de proteção para os ciclistas”, explicou Semy.

A ciclovia da Afonso pena tem 1,80 de largura em toda sua extensão. Semy lembra que o ideal é que o caminho para ciclistas tenha 2,5 metros. “Naquele trecho do viaduto o vamos tentar manter pelo menos a largura de 1,80”.

Os ajustes só deverão ser feitos em 2014, já que as obras dependem de recursos próprios. “Esse ano acredito que ficará difícil porque já existem obras emergenciais, como a Praça das Águas. Pode até que no fim do ano a gente consiga, mas depende do orçamento”, lembrou Semy.

O secretário ainda afirmou que o nivelamento da ciclovia será ajustado em alguns trechos onde há desnível no asfalto. A ciclovia tem 7,6 km de extensão e foi inaugurada na administração do ex-prefeito Nelson Trad Filho (PMDB).

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, para o prefeito Alcides Bernal (PP) o projeto da ciclovia não vai intervir na proposta de tombamento do canteiro e das árvores centenárias como patrimônio histórico cultural.
Bernal já determinou que os ajustes sejam feitos e espera que as especulações sobre a retirada da ciclovia da avenida cessem de vez.

Uma mobilização chegou a ser articulada por ciclistas, no início do mês, para pressionar o prefeito a não retirar a ciclovia da avenida por causa do tombamento do canteiro central da via. Liderada pelo vereador Eduardo Romero (PT do B), a manifestação reuniu cerca de 50 ciclistas.

 



tem pessoas que estão com saudades do nelsinho, critica o prefeito atual , mas o ex deixou muitas obras mal feita na ânsia de entregar maior numero de obras inauguradas, numa reportagem no CG news do dia 12 12 2012 , consta que ele mesmo iria fazer vistoria na ciclovia, será que fez? aquelas partes onde foi feita com asfalto é uma tristeza, nem acabamento fizeram. e agora tem que mexer na obra outra vez, e ali vai o dinheiro que poderia estar usando em outra obra, é fácil gastar o dinheiro alheio, parece que esta sobrando. E a praça das águas? quando será que vai acabar essa novela?
 
helena da costa andrade em 24/06/2013 13:58:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions