A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/02/2016 11:40

Com suspeita de asfixia, criança de 3 anos é encontrada morta em beliche

Viviane Oliveira e Luana Rodrigues
Bombeiros, amigos de farda de pai da criança, vão dar suporte a família. (Foto: Marcos Ermínio) Bombeiros, amigos de farda de pai da criança, vão dar suporte a família. (Foto: Marcos Ermínio)

Uma criança de três anos foi encontrada morta em uma beliche na manhã de hoje (9), na casa em que morava na Rua São Nicolau, no Bairro Santa Luzia, em Campo Grande. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado por volta das 6h, mas já encontrou a criança morta. Tudo indica que a causa foi por asfixia. O acidente aconteceu depois de uma festa de aniversário do irmão de 8 anos da vítima.

A criança estava dormindo na parte de baixo de uma beliche junto com o irmão e na parte de cima um menino de 13 anos. Para que o adolescente não rolasse e caísse, no espaço entre a parede e a beliche, foi colocado um colchão fino, de aproximadamente 20 centímetros.

Durante à noite, o adolescente rolou, o colchão dobrou e caiu sobre uma das crianças que estava na parte debaixo. O menino também passou pelo vão, mas com sono pesado continuou dormindo em cima do colchão.

Hoje de manhã, o irmão mais velho acordou e foi assistir televisão. A mãe, então sentiu falta do outro filho e quando chegou no quarto encontrou a criança morta embaixo do colchão. O Samu foi acionado, mas a vítima já apresentava rigidez cadavérica, ou seja, havia morrido há mais de 2 horas.

O perito criminal da Polícia Civil, Vanderson Rodrigues, explicou que foram pedidos laudo de local de morte e exame necroscópico, porém tudo indica que a morte foi causada por asfixia. “Não há sinais de de agressão no corpo, o que leva a crer que foi uma fatalidade”, detalha.

O pai das crianças é Bombeiro Militar e desde quinta-feira está em um missão em Bataguassu, devido o Carnaval. O caso foi registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Casos - Em 12 dias, esta é a terceira morte de criança, cuja causa pode ser por asfixia. No dia 28 de janeiro, um bebê de quatro meses foi encontrado morto enquanto dormia com a mãe e mais quatro irmãos em uma cama de casal improvisada, em uma casa na Rua Comendadora Euphazina Cabral, Jardim Tayaná, região do bairro Danúbio Azul.

No último domingo (7), um bebê de apenas 48 dias morreu ao dormir junto com a mãe e o irmão de 1 ano e seis meses. Conforme a Polícia, a bisavó da criança relatou que ouviu barulhos no quarto, quando encontrou a mãe embriagada, dormindo em cima do bebê.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions