A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

21/07/2016 11:59

Condenado por homicídio, pivô da morte de garota tem várias passagens

Boneco cumpriu pena, e agora está em liberdade provisória

Luana Rodrigues
Condenado há oito anos de prisão por homicídio em 2007, Weverton Silva Ayva, cumpriu pena, e está em liberdade provisória. (Foto: Reprodução Facebook)Condenado há oito anos de prisão por homicídio em 2007, Weverton Silva Ayva, cumpriu pena, e está em liberdade provisória. (Foto: Reprodução Facebook)

Weverton Silva Ayva, 28 anos, mais conhecido como “Boneco”. O rapaz que seria o pivô da briga que terminou com a morte de Victoria Correia Mendonça, de 18 anos, é velho conhecido da polícia. Segundo as investigações, foi por ciúmes do namorado que Thamara Arguelho de Assis, 21 anos, matou a vítima.

De acordo com a polícia, a ficha dele é longa, com quase dez passagens desde 2007. Boneco responde por dois homicídios, furto, roubo, tráfico de drogas e porte ilegal.

Em 2010, ele foi preso, depois de manter uma família refém, fugir com objeto e carros das vítimas e ainda colocar fogo em um dos veículos. Ameaçadas por revólveres, as vítimas foram rendidas e trancadas no banheiro da casa.

Mantidas reféns até por volta das 5 horas, elas foram ameaçadas de morte, caso olhassem para os bandidos.

Condenado há oito anos de prisão por homicídio em 2007, Boneco cumpriu pena, e está em liberdade provisória.

Morte por ciúmes - Victoria foi morta na Rua Luiz Bento, Vila Popular, região oeste de Campo Grande. Uma testemunha contou à polícia que a vítima discutia com Thamara em frente de casa, quando foram feitos cinco disparos.

Conforme informações do boletim de ocorrência, a testemunha disse que ouviu quando a autora chamou pela vítima na frente do imóvel. A menina saiu para atender e começou a discutir com uma mulher. Pouco tempo depois, começaram os disparos.

De acordo com a polícia, o motivo da briga era Boneco. Thamra era atual namorada dele, inclusive, estaria grávida de dois meses do rapaz, mas tinha ciúmes de Victória, porque os dois tiveram relacionamento no passado.

Victoria foi atingida por um tiro na nuca, que saiu pela orelha esquerda. Outros quatro tiros foram disparados, mas não acertaram a moça. Ela não resistiu ao ferimento e morreu na hora.

Thamara é procurada pela polícia, a suspeita é de que esteja se escondendo em casas de parentes.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions