A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/05/2012 16:49

Condição para edital, audiência sobre transporte coletivo não atrai usuários

Fabiano Arruda e Elverson Cardozo
Audiência nesta segunda contou com representantes de sindicatos e funcionários do sistema; apenas dez usuários do transporte coletivo fizeram sugestões. (Foto: Elverson Cardozo)  Audiência nesta segunda contou com representantes de sindicatos e funcionários do sistema; apenas dez usuários do transporte coletivo fizeram sugestões. (Foto: Elverson Cardozo)

Parte do processo para lançamento do edital de licitação para contratação da nova empresa que vai explorar o transporte coletivo urbano em Campo Grande, a audiência pública, realizada hoje de manhã na Escola de Governo da Prefeitura, ficou longe de receber reivindicações por melhorias.

O encontro terminou uma hora antes do previsto e atraiu pouco mais de 100 pessoas, grupo composto basicamente por representantes de sindicatos e funcionários do sistema. Usuários que utilizam o ônibus como o meio de transporte na Capital formaram minoria.

Na teoria, a audiência servia para que a população participasse do debate sobre o tema. Hoje foram discutidas questões como números da frota, horário e acessibilidade. Em seguida, na abertura para perguntas, por escrito, menos de dez participaram.

Para o presidente da Ussiter (União Sul-Mato-Grossense dos Usuários do Sistema Integrado de Urbano e Estadual Rodoviário), Antônio Duarte, a audiência não foi divulgada amplamente e, por isso, não teve o envolvimento da sociedade. “O usuário do transporte não foi convidado através da mídia, mas a mídia foi convidada”, criticou.

De outro lado, o diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Rudel Trindade, considerou satisfatória a participação da população, pois, segundo ele, como o tema já é amplamente debatido na mídia, a população já esclareceu grande parte das dúvidas.

No final da audiência, Rudel agradeceu aos participantes pela civilidade. “Uma audiência pública com um tema desses, espinhoso, delicado, e uma platéia com tanta educação é raro”, disse.

Os usuários do transporte coletivo urbano de Campo Grande ainda podem enviar sugestões exclusivamente por meio do site em formulário eletrônico disponível no endereço, onde também estarão disponíveis, até 28 de maio, as minutas do edital e o contrato.

Licitação - A partir da realização da audiência nesta segunda, a Prefeitura de Campo Grande deve lançar em 30 dias o edital para a nova concessão do transporte coletivo urbano.

O diretor-presidente da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos e Delegados, Marcelo Luiz Bonfim do Amaral, informou que o investimento de partida fica em torno de R$ 40 milhões, mesmo valor exigido da Assetur (Associação das Empresas do Transporte Coletivo) pela Prefeitura como investimento.

O valor gerou discordância, o que acabou culminando na ruptura do contrato entre as partes em setembro do ano passado. O edital deveria ter sido lançado com seis meses.

O contrato com a Assetur só acabaria em 2014. A exigência de investimento fazia parte do processo de habitação da Capital dentro do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) de Mobilidade Urbana.



esse é o problema: "a audiência não foi divulgada amplamente e, por isso, não teve o envolvimento da sociedade. “O usuário do transporte não foi convidado através da mídia, mas a mídia foi convidada”. Eles não querem a população lá, pois sabem que íamos pedir pelo melhor e isso gera gastos e dá trabalho.
 
Thais Mendes Sampaio em 08/05/2012 08:20:29
Eu sugiro que seja liberada a exploração do serviço por ônibus e Vans, mas que seja trasnparente e muito clara a licitação. Sempre houve manipulação e coronelismo nesse serviço em Campo Grande.
 
luiz alves em 07/05/2012 10:13:31
Vamos população,usuários do transporte coletivo de Campo Grande, agora é a hora de reivindicar,mandar sugestões para melhorar o sistema junto ás autoridades competentes!Depois não adianta reclamar, os interessados em mudanças não compareceram na audiência.
 
wanessa martins em 07/05/2012 05:12:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions