A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

04/10/2015 17:51

Conselho diz que não há provas sobre boca de urna em eleição de conselheiros

Alan Diógenes
A votação acabou às 17 deste domingo. (Foto: Gerson Walber)A votação acabou às 17 deste domingo. (Foto: Gerson Walber)

A presidente do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), Dalva Cisi, informou no final da eleição dos conselheiros tutelares, às 17h deste domingo (4), que não foram comprovadas denúncias de boca de urna durante o evento. Os guardas municipais, que fizeram a segurança nos locais de votação, não conseguiram até o momento, provas como imagens ou depoimentos de testemunhas que comprovassem o fato.

“Não houve nenhuma reclamação à organização da eleição. Quando chegou essa informação, pedimos pra a guarnição dos guardas verificar, mas não houve fundamento”, explicou Dalva Cisi.

Em relação às reclamações de eleitores de que houve filas nos locais de votação, a presidente informou que a responsabilidade foi do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que não disponibilizou urnas eletrônicas, que segundo ela, dariam agilidade na eleição. “Sem falar que houve um desconhecimento por parte da população em relação ao lugar que iriam votar. As pessoas não sabiam que era o mesmo que consta no título de eleitor”, explicou Dalva.

Ela alega que houve apenas 30 locais de votação em Campo Grande, o que aumentou a demanda de eleitores nos locais onde ocorriam a votação. "Foram poucos os locais, deveriam ter aberto mais escolas", apontou.

Ainda conforme a presidente, o TSE realizou as eleições em datas diferentes nos estados brasileiros. Para ela, isso causou certa desorganização. “Era para ser de forma unificada, como manda a lei federal, mas não foi assim. Aqui na Capital, apesar dos transtornos, conseguimos realizar o quanto antes”, finalizou.

Denúncias - Muitos eleitores reclamaram que além da fila muito extensa, em alguns casos os nomes não estavam na lista de votantes. Também tiveram denúncia de boca de urna, transporte irregular e cartazes de candidatos sendo colocados próximos aos locais de votação.

A apuração dos votos começou por volta das 17h30, na Planurb. A eleição em Campo Grande tem 30 candidatos, para a escolha de 15 conselheiros, que vão atuar em cinco unidades.

 

Termina amanhã as inscrições para vagas de conselheiros tutelares
Termina amanhã (15) as inscrições para o processo de escolha dos membros titulares dos conselhos tutelares de Campo Grande, com seus respectivos supl...
Conselho continua com inscrições abertas para definir conselheiro tutelares
O CMDCA (Conselho de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente) de Campo Grande está com inscrições abertas para definir cinco Conselheiros Tut...
Conselho Municipal abre edital para escolha de conselheiros tutelares
O CMDCA (Conselho de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente) de Campo Grande, abriu edital para definir cinco Conselheiros Tutelares e dez m...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions