ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  25    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Conselho vai à polícia cobrar ações contra furtos de fios de energia

Por Ângela Kempfer | 20/09/2021 16:43
Delegada-adjunta, presidente do Conselho e delegado-geral da Polícia Civil. (Foto: Divulgação)
Delegada-adjunta, presidente do Conselho e delegado-geral da Polícia Civil. (Foto: Divulgação)

O Conselho dos Consumidores da Área de Concessão da Energisa solicitou oficialmente à Polícia Civil, ações contra ladrões de cabos de energia no Estado.

A presidente da entidade, Rosimeire Costa, esteve na tarde desta segunda-feira (20), com o delegado-geral da Polícia Civil, Adriano Garcia Geraldo, e com a delegada-geral adjunta, Rozeman Geise Rodrigues de Paula.

No documento, o Conselho pede “especial combate aos furtos de cabos da rede de energia elétrica de Mato Grosso do Sul”. A entidade diz que, além dos graves riscos de acidente, o prejuízo também recai sobre o consumidor nos reajustes tarifários anuais, computados pela concessionária como “perdas não técnicas”.

Diariamente, a polícia registra furtos desse tipo de material, que virou alvo preferencial dos ladrões por conta do alto preço do cobre.

Na semana passada, ladrões deixaram a Escola Municipal Arassuay Gomes de Castro, na Vila Manoel da Costa Lima, sem energia. No dia 15 de setembro, o alvo foi a Escola Estadual Maria Constança Barros Machado, no Bairro Amambaí, de onde os ladrões levaram até as lâmpadas.

No início de setembro, a Guarda Metropolitana realizou uma operação contra esse tipo de crime que, segundo a corporação, significa prejuízo de R$ 1 milhão aos cofres da Prefeitura da Capital só neste ano.

Um dos vídeos que chegaram até o Conselho foi de flagrante na região do Bairro Monte Líbano, em 16 de setembro. Como é comum na ação dos ladrões, na imagem, um deles sobe pelo muro da residência, enquanto comparsa vigia o lado de fora. Minutos depois, o homem desce já enrolando os fios retirados da rede e foge. Veja:


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário