A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

27/05/2018 18:50

Consórcio antecipa "Operação Férias" e tira mais ônibus das ruas nesta 2ª

A medida para economizar combustível é um reflexo da greve dos caminhoneiros que neste domingo (27) completa uma semana

Geisy Garnes
Frota de ônibus será reduzida a partir desta segunda-feira (Foto: Danielle Valentim)Frota de ônibus será reduzida a partir desta segunda-feira (Foto: Danielle Valentim)

O Consórcio Guaicurus vai antecipar a “Operação Férias” e tirar mais 25 ônibus das ruas de Campo Grande a partir desta segunda-feira (27). A medida para economizar combustível é um reflexo da greve dos caminhoneiros que neste domingo (27) completa uma semana.

Desde de sexta-feira (25) o transporte público na Capital sofreu redução de 20 ônibus que faziam o reforço nas principais linhas da cidade em horário de pico. Com a antecipação da “Operação Férias”, outros 25 coletivos deixaram de rodar na cidade.

Ao Campo Grande News o presidente do Consórcio Guaicurus, João Rezende, afirmou ainda que os ônibus executivos, conhecidos como “fresquinhos”, continuam paradas e os articulados só funcionarão até às 8h30. Além disso, todos os 23 ônibus com ar condicionado serão trocados por carros convencionais.

Consórcio Guaicurus e Agetran ainda irão acompanhar as linhas com baixa demanda de passageiros, podendo efetuar possíveis ajustes no número de carros. Essas medidas servem para reduzir ao máximo o consumo do transporte coletivo, que trabalha no limite.

Paralisação – Os protestos iniciaram no domingo (20), em 25 estados, mas foi na segunda-feira (21) que os caminhoneiros passaram a bloquear as rodovias em Mato Grosso do Sul contra o aumento do valor do diesel e política de preços da Petrobras.

No quarto dia de bloqueios, a Petrobras decidiu manter a redução de 10% no valor do diesel nas refinarias e representantes do governo e entidades de caminhoneiros anunciaram a suspensão da paralisação, por 15 dias.

Porém, os grupos espalhados por estados de todo Brasil permaneceram nas rodovias, com a justificativa de que o acordo divulgado pelo governo federal não representava quem estava parado nas estradas. Neste domingo (27), 7º dia de greve, 44 pontos estão bloqueados em rodovias federais e estaduais de Mato Grosso do Sul.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions