ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEXTA  12    CAMPO GRANDE 11º

Capital

"Coração imenso", diz padrasto de médica que morreu em acidente na Afonso Pena

Anne Carolline é velada e sepultada na manhã desta quarta-feira

Por Dayene Paz e Bruna Marques | 19/06/2024 08:27
Familiares saindo com caixão da Pax Nippo Brasileira. (Foto: Marcos Maluf)
Familiares saindo com caixão da Pax Nippo Brasileira. (Foto: Marcos Maluf)

"Uma menina linda, bondosa, de coração imenso". Assim descreveu o padrasto de Anne Carolline Barros, de 25 anos, passageira do carro que bateu em um poste na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande, na manhã de domingo (16). A jovem não resistiu e morreu na tarde de segunda-feira (17).

O velório da jovem acontece hoje, na Pax Nippo Brasileira, localizada na Rua 13 de Maio, no Bairro São Francisco. A despedida é marcada pela tristeza. O padrasto, Diego Alberto Sertori, lembra de como Anne era apegada aos irmãos e familiares. "Ela era muito apegada com os irmãozinhos, se divertia e alegrava em todos os lugares, cuidava e acompanhava a avó em todas as consultas médicas", lembra.

Diego afirma que Anne também buscava a Deus. "Buscava sempre melhorar como pessoa e se aproximar cada vez mais de Deus. Brava que só ela, porém uma humanidade sem igual", descreveu. Anne havia se formado recentemente em Medicina.

Antes de fechar o caixão, familiares cantaram as  canções católicas "Noites traiçoeiras" e "Mãezinha do céu". O sepultamento está previsto para às 9 horas, no cemitério Jardim da Paz, na BR-060, saída para Sidrolândia.

Acidente - Na madrugada de domingo (16), Felipe Costa Farfan Mazzini, 27 anos, conduzia um Chevrolet Corsa, quando bateu em um poste na Avenida Afonso Pena, próximo da Rua Terenos, no Bairro Amambaí. A batida foi registrada por câmera de segurança de uma farmácia.

Anne Carolline era passageira do carro e foi levada em estado grave para a Santa Casa, que abriu protocolo de morte cerebral. Felipe também precisou de atendimento médico após a colisão.

No registro da ocorrência, consta que o veículo estava "com os pneus traseiros em péssimas condições de uso". No veículo, a perícia encontrou uma garrafa de whisky vazia, uma lata de energético e um copo de metal rosa.

Para a polícia, a mãe da vítima relatou que a jovem havia saído de carro com o amigo para ir a uma festa. O padrasto confirmou que Felipe Costa era apenas amigo de Anne. “Era amigo dela, mas não íntimo da família”.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias