A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

16/11/2013 20:04

Corpo de PM morto chega à Capital e cortejo reúne centenas de policiais

Vinícius Squinelo e Graziela Rezende
Corpo de Luiz é recebido com honras (foto: Marden Barbosa)Corpo de Luiz é recebido com honras (foto: Marden Barbosa)

O corpo do policial militar sul-mato-grossense Luiz Pedro de Souza dos Santos, 33 anos, chegou há poucos minutos no Aeroporto Internacional de Campo Grande. O cortejo de Luiz já é acompanhado por centenas de policiais.

O corpo chegou em um avião do Corpo de Bombeiros de Mato Grosso, e veio de Rondonópolis (MT). Ele foi encaminhado para o hangar do Estado no Aeroporto, e já deve seguir para a cerimônia fúnebre, que será realizada na Pax Real do Brasil, na Avenida Bandeirantes, em Campo Grande.

Centenas de policiais, inclusive da choque e do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), já se reúnem no aeroporto e vão acompanhar o cortejo.

Até o Corpo de Bombeiros regional enviou uma viatura para acompanhar, como forma de homenagear Luiz, e também caso alguém não se sinta bem.

Familiares também estão no aeroporto, e o clima é de muita emoção no local.

O policial foi morto em um confronto armado entre a Força Nacional e invasores de terras em Rondônia no último dia 14.

O sepultamento está previsto para ser realizado na manhã deste domingo (17), no cemitério Memorial Park.

Confronto – Luiz Pedro, que possuía nove anos de atuação na Polícia, foi alvejado com um tiro na altura do ombro. Ele morreu no distrito de Rio Pardo, em Rondônia. De acordo com o coronel Enedi, da Polícia Militar de Rondônia, a morte ocorreu durante um confronto entre os policiais da Força Nacional e 300 moradores da região.

O policial chegou a ser socorrido pelos colegas da Força Nacional, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos. Ao todo, 146 homens da Força Nacional participavam da operação que tem objetivo de dar início a desocupação da Floresta Nacional de Bom Sucesso. A estimativa do Ministério do Meio Ambiente é que cerca de 200 pessoas ocupem ilegalmente a área.

Suspeito de matar policial de MS foi preso com garrucha, mas não confessa
O homem suspeito de matar o policial sul-mato-grossense Luiz Pedro de Souza dos Santos, de 33 anos, foi identificado apenas como “Iranildo” e foi pre...
Após dificuldades no translado, corpo de policial morto em RO chega às 19h45
Após problemas com temporal entre a cidade de Coxim, norte de Mato Grosso do Sul, e Rondonópolis (MT), a aeronave do bombeiro mato-grossense que carr...
Por causa de atraso em voo, velório de policial morto em RO começa às 12h
O velório do policial militar sul-mato-grossense Luiz Pedro de Souza dos Santos, 33 anos, está previsto para começar às 12h, deste sábado (16). A pri...


Wilson Dias, perfeito seu comentário. Isso mesmo, todos aqueles calhordas são bandidos de primeira linhagem, treinados pelas FARCS, lógico que os governantes e a própria Força Nacinal sabem disso.
Gostaria de saber onde esta o Exercíto ??? com certeza ajudaria muiiito.
 
Neyde de Oliveira em 18/11/2013 09:46:21
E TERRIVEL, QUE AINDA ACONTEÇA, VIDAS TIRADAS SEM DO NEM PIEDADE DE SUAS FAMILIA E TRISTE, E AGORA? O QUE VAI ACONTECER QUEM VAI SER RESPONSABILIZADO POR ISSO POR QUE QUEM CHORA E SUA FAMILIA QUE PERDEU SEU ENTE QUERIDO COMO VAI FICAR?
 
TANIA MARIA PAES em 16/11/2013 22:02:48
Que Deus abençõe, proteja e guie os passos dessa família de um GRANDE BRASILEIRO, que morreu covardemente no exercicio de sua profissão!! Proteja todos os policiais, especialmente os que continuam na região de conflito!!
 
Diogo Alcantara em 16/11/2013 21:21:48
esses facínoras q. vitimou o pm são formados e treinados pelas farcs, infelizmente isto e uma vergonha.....
 
wilson dias em 16/11/2013 20:31:33
Que Deus conforte essa família...
 
Eliane Alves em 16/11/2013 20:28:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions