A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/11/2013 12:39

Corpo no Inferninho foi jogado de altura de 10m e tem perfuração de tiro

Bruno Chaves e Stephanie Romcy
Corpo é retirado pelos Bombeiros, quase 3 horas depois de início da operação de resgate. (Foto: Divulgação/Bombeiros)Corpo é retirado pelos Bombeiros, quase 3 horas depois de início da operação de resgate. (Foto: Divulgação/Bombeiros)

O corpo de um homem ainda não identificado, encontrado por banhistas na cachoeira do Inferninho, tem várias fraturas e o crânio esmagado, além de uma perfuração na cabeça, provocada por tiro.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o corpo da vítima foi jogado de uma altura de aproximadamente 10 metros e permaneceu no local por cerca de três dias.

Ele foi encontrado no fim da tarde de ontem (9). Como já começava a escurecer, o resgate teve início às 9h deste domingo e durou quase 3 horas.

De acordo com o capitão Rodrigo Lima, a operação foi demorada devido a dificuldade de acesso ao local.

O cadáver, em visível estado de decomposição, foi encontrado em cima de uma pedra, fora da água. Ao lado do morto tinha uma sacola preta.

“O crânio estava pela metade por causa da queda”, relatou o bombeiro, acrescentando que a cabeça da vítima estava com uma perfuração provocada por arma de fogo.

Peritos da Polícia Civil, além do delegado Geraldo Marins, acompanharam a operação de resgate. As autoridades acreditam que a vítima tenha entre 30 e 40 anos.

Achado do cadáver – Banhistas encontraram, por volta das 17h40 deste sábado (10), o corpo de um homem, a cerca de 200 metros da cachoeira do Inferninho, na saída para Rochedo.

De acordo com uma mulher, que não quis se identificar, o homem tem cabelo preto encaracolado, é branco e usava uma bermuda preta.

A mulher estava acompanhada de amigos e se divertia na parte de baixo da cachoeira. “Começamos a sentir um cheiro muito forte e fomos o seguindo até encontrar o corpo”, contou.

Local onde o corpo foi encontrado.Local onde o corpo foi encontrado.
Banhistas encontram corpo no “Inferninho”
Banhistas encontraram, por volta das 17h40 deste sábado (10), o corpo de um homem, a cerca de 200 metros da cachoeira do Inferninho, na saída para Ro...
Confundido com ladrão, homem causa acidente e acaba agredido
Flávio Guimarães Fernandes, 39 anos, foi confundido com ladrão e agredido por moradores após se envolver em acidente. O caso aconteceu na madrugada d...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


Caro orlando antunes, com tantos crimes dentro da cidade, essa policia nossa caótica, sem recursos materiais nem humanos e vc ainda quer um posto ali so para cuidar cadaver, devemos cobrar das autoridades segurança para que sim a vida seja preservada e não um local de desova
 
Edson Santos em 11/11/2013 08:36:44
Nao sei como as pessoas ainda tem coragem de tomar banho nesse lugar, que eu me lembre em 4 anos esse deve ser o quinto corpo achado ali.
A PM bem que poderia montar uma base ali para acabar com esse local de desova.
 
Orlando Antunes em 10/11/2013 16:33:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions