ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  30    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Família descobriu covid quando autorizou doação de órgãos de menina de 15 anos

A adolescente havia sido internada no dia 16 de outubro, com sintomas de dengue

Por Marta Ferreira | 21/10/2020 13:56
A menina foi internada no dia 16 e a morte encefálica foi declarada ontem. (Foto: Reprodução das redes sociais)
A menina foi internada no dia 16 e a morte encefálica foi declarada ontem. (Foto: Reprodução das redes sociais)

A adolescente de 15 anos que morreu vítima da covid-19 em Campo Grande, a vítima mais jovem da doença em Mato Grosso do Sul, ficou internada no hospital Unimed, na Avenida Mato Grosso, por cinco dias.

Segundo as informações obtidas pela reportagem, ela deu entrada na unidade de saúde no dia 16 de outubro, com sintomas de dengue, como vômito, dor abdominal, vertigem e episódios de perda de consciência.

Nesta terça-feira (20), foi declarada a morte encefálica e iniciado protocolo para doação de órgãos, autorizada pela família. Só aí, conforme a informação da Secretaria Municipal de Saúde, foi feito o teste RT-PCR.

O resultado foi detectável para covid-19, iniciando assim a investigação de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica relacionada à covid", informou o órgão em resposta ao Campo Grande News.

A explicação sobre a síndrome localizada pela reportagem é de que ela aparece "dias a semanas" depois de infecção aguda pelo Sars-Cov-2. As manifestações, pelo que foi levantado até agora, são mais severas em crianças mais velhas e adolescentes. Um dos órgãos afetados é o coração.

O hospital Unimed foi procurado e declarou que não passa informações de pacientes.

O sepultamento da adolescente, sem velório, ocorreu nesta tarde, no cemitério Santo Amaro. A família preferiu o silêncio diante da dor e enterrou a menina sob chuva.

Debaixo de chuva, familiares da menina que morreu e foi diagnosticada com covid-19 durante o enterro nesta tarde. (Foto: Kísie Ainoã)
Debaixo de chuva, familiares da menina que morreu e foi diagnosticada com covid-19 durante o enterro nesta tarde. (Foto: Kísie Ainoã)

(Matéria atualizada às 14h41 para acréscimo de informação e foto)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário