ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  14    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Cruzamento onde colisão feriu 4 tem acidentes frequentes; veja vídeo

Por Elverson Cardozo | 20/03/2012 18:31
Acidente provocou congestionamento na avenida Ceará. (Foto: Elverson Cardozo)
Acidente provocou congestionamento na avenida Ceará. (Foto: Elverson Cardozo)

No cruzamento da avenida Ceará com a rua Manoel Inácio de Souza, no bairro Jardim dos Estados, a ocorrência de acidentes já nem causa tanto espanto. Tornaram-se frequentes, segundo relatos de comerciantes.

Funcionária há 8 anos de uma clínica veterinária localizada na avenida Ceará, próxima ao cruzamento, a recepcionista Etiene Pontes, de 27 anos, disse que já presenciou outros acidentes graves.

“Teve uma vez que um caminhão fez a mesma coisa”, contou, se referindo ao acidente desta segunda-feira (19) – uma colisão entre dois carros que deixou quatro feridos, sendo dois em estado grave.

Segundo a recepcionista, à noite e durante os finais de semana, a situação é ainda pior.

Imagens do circuito interno de segurança da clínica veterinária foram cedidas ao Campo Grande News. No registro é possível ver o momento exato em que o veículo Renault Clio, onde estava um casal, é atingido por uma picape, que trafegava pela avenida Ceará, em alta velocidade.

A colisão aconteceu às 12:12:38. A saveiro colidiu na lateral esquerda do carro que praticamente rodou na pista e, em seguida, atingiu o muro de uma residência localizada na esquina.

Dentro do carro estavam Ramão Ronei Marques, de 39 anos, que conduzia o Renaut e um mulher, que não foi identificada. Ramão ficou preso às ferragens. Para retirá-lo do veículo a equipe de resgate teve de cortar a porta do carro.

O motorista apresentou suspeita de fratura na clavícula, além de várias escoriações e cortes pelo corpo. Já a mulher sofreu apenas um corte no supercílio.

Já o condutor da picape, Cleiton Pereira Amorim, de 28 anos, apresentou suspeita de traumatismo craniano. O passageiro, também não identificado, sofreu ferimentos leves.

Cleiton Pereira Amorim e Ramão Ronei Marques foram encaminhados à Santa Casa, mas já receberam alta. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, Amorim recebeu curativo em um corte na cabeça e foi liberado no fim da tarde.

Já Marques recebeu alta às 5h30 desta terça-feira (20) depois de ter a clavícula imobilizada.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário