ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 20º

Capital

Operação “caça” grupo que extorquiu políticos, médicos e empresários

Três homens e uma mulher, que trabalha como garota de programa, foram presos por integrarem o esquema

Por Anahi Zurutuza e Clayton Neves | 21/10/2019 10:59
Dois homens presos chegando à sede da Deco no fim da manhã desta segunda-feira (Foto: Marcos Maluf)
Dois homens presos chegando à sede da Deco no fim da manhã desta segunda-feira (Foto: Marcos Maluf)

A Deco (Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado) cumpre mandados de prisão nesta segunda-feira (21) contra integrantes de quadrilha que extorquia políticos, médicos e empresários. Dois homens já estão presos e a esposa de um deles, garota de programa que também é suspeita de fazer parte do esquema está na delegacia, apurou o Campo Grande News.

Nenhum detalhe oficial foi divulgado ainda sobre o caso, como a forma que a quadrilha atuava ou quanto lucrou com as extorsões. Mas a reportagem também apurou que os mandados foram cumpridos no Centro Penal Agroindustrial da Gameleira, onde cumprem pena condenados no regime semiaberto.

Os policiais ainda estiveram no Centro de Triagem Anízio Teixeira e no IPCG (Instituto Penal de Campo Grande), estas duas últimas, unidades no Complexo Penal da Capital, no Jardim Noroeste.

O terceiro homem preso pela Operação Extortio (extorsão em latim) ainda não chegou à delegacia para ser ouvido.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário