ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  26    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Desaparecido havia 10 dias, Ricardo foi morto a tiros, queimado e enterrado

Assassino se entregou à polícia e indicou onde enterrou cadáver à beira do Córrego Bálsamo

Por Marta Ferreira, Geisy Garnes e Marcos Maluf | 10/08/2020 11:30
Ricardo havia desaparecido no dia 31 de julho. (Foto: Reprodução das redes sociais)
Ricardo havia desaparecido no dia 31 de julho. (Foto: Reprodução das redes sociais)

Foi localizado na manhã desta segunda-feira (10) corpo de Ricardo Ventura Barbosa, de 38 anos, que estava desaparecido desde o dia 31 de julho em Campo Grande. Segundo apurado pela reportagem, o cadáver estava no próprio bairro onde a vítima morava, o Jardim Colibri.

O assassino, um homem de 35 anos, identificado como Luis Ricardo Ferreira dos Santos, confessou a morte e levou a polícia até o local do crime. Ele se apresentou acompanhado da advogada Silmara Félix.

Segundo ela, o cliente a procurou nesta segunda-feira, disse que havia cometido um crime e pediu orientação. Foram, então, para a delegacia de Polícia Civil. A versão dele é que matou Ricardo porque estava sob ameaça dele.

No crime, segundo a advogada, ele usou um revolver 32 e disparou seis vezes contra a vítima. Não sabe quantas a atingiram. Na sequencia, queimou o corpo, enterrou à beira do córrego e jogou a arma na mesma região.

E agora? - Equipes da perícia e da DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídio) estão no local, assim como a perícia. A delegacia havia feito  buscas na mata que fica na região para achar o cadáver de Ricardo.

Desde o sumiço, já corria no bairro o relato de que ele havia sido morto a tiros, carbonizado e enterrado às margens do Córrego Bálsamo, o que bate com a confissão do homem que se apresentou.

A vítima trabalhava como vendedor de peças de carros e era sabidamente usuário de drogas. Nunca foi preso ou teve envolvimento com facções criminosas. Também nunca falou sobre ameaças ou inimigos para a família.

Assassino confesso procurou a polícia nesta manhã. (Foto: Marcos Maluf)
Assassino confesso procurou a polícia nesta manhã. (Foto: Marcos Maluf)

(Texto atualizado às 12h43 para acréscimo de informação).


Regras de comentário