A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

20/12/2017 11:11

Dono de produtora agiu em legítima defesa quando atirou em ladrões, diz família

Feridos, os adolescentes foram levados para a Santa Casa e o empresário ficou detido na Depac Centro

Geisy Garnes
Rua em que os disparos aconteceram (Foto: André Bittar)Rua em que os disparos aconteceram (Foto: André Bittar)

A família do proprietário de uma produtora de vídeo, preso após ferir dois adolescentes a tiros durante um assalto na noite desta terça-feira (19), afirmou que o empresário de 27 anos agiu em legítima defesa. Ao Campo Grande News, o pai do suspeito explicou que o filho usou a arma só depois que um dos ladrões “partiu para cima dele”. “Ele defendeu a vida dele”.

O homem, que preferiu não se identificar, explicou que na noite de ontem o filho foi notificado pelo celular sobre a invasão da produtora. Ainda pelo aparelho ele viu as imagens de câmera de segurança e os dois adolescentes dentro do local.

“Ele foi para lá e levou a arma dele, que é uma arma registrada, de uso legal. Quando chegou deu de cara com os ladrões”, contou. Na chegada do rapaz ao loca, um dos adolescentes teria “partido para cima” do empresário, que por medo de ser ferido, disparou. “O segundo ladrão que estava atrás também veio correndo e colocou a mão na cintura”.

Ao Campo Grande News um vizinho da produtora, um defensor público que pediu para não se identificar, explicou que os adolescentes já fugiam do local e estavam a uma quadra do prédio quando encontraram o autor. “Ouvi dois ou três tiros, mas encontraram quatro cápsulas”. Um dos disparos chegou atingiu o portão de uma vizinha.

 

Um dos tiros atingiu o portão de uma vizinha da produtora (Foto: André Bittar)Um dos tiros atingiu o portão de uma vizinha da produtora (Foto: André Bittar)

“Não teve outra alternativa a não ser defender a vida dele”, alegou o pai do empresário. O revólver apreendido pela polícia, segunda a família, era registrada e de uso pessoal do empresário, mas não podia ser retirada de casa, já que ele possuía apenas o porte da arma. “Ele não mentiu, não fugiu. o único erro foi querer defender o patrimônio, mas ele não foi lá para atirar em ninguém e agora está preso ”.

Toda a ação dos dois adolescente foi filmada pela câmera de segurança da produtora. Mas antes disso, os jovens foram flagrados pelo sistema de segurança dos vizinhos do local. “Uns 15 minutos antes eu vi os dois pelas câmeras da minha casa. Um deles tocou a campainha aqui e o outro olhou o movimento pelo muro”, contou o defensor público.

Em uma tentativa de evitar o roubo, o morador avisou ao segurança particular do bairro sobre a presença dos suspeitos, mas logo depois, os adolescentes saíram do alcance da câmera. Pouco depois eles apareceram novamente, encapuzados e arrombaram a produtora, segundo a testemunhas. “Depois só vi os clarões”.

O proprietário da produtora de vídeo permanece preso, enquanto dos adolescentes seguem internados na Santa Casa de Campo Grande. A família já contratou advogado e agora espera pela audiência de custódio de empresário, que deve acontecer na manhã desta quinta-feira (21).

Homem tem casa invadida, pula muro para fugir de ladrão e quebra o pé
Homem de 29 anos quebrou o pé após pular o muro do sobrado onde mora para fugir de ladrões, na noite de ontem (13), na Rua Canavieiras, na Vila Plana...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...
Ladrão é reconhecido por vítima, mas foge com corrente de ouro em conveniência
Homem identificado apenas como “Augusto” foi reconhecido durante assalto a uma conveniência na tarde deste sábado (9) na rua Antônio de Moraes Ribeir...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions