ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Em época de chuva, problema antigo volta a preocupar moradores de bairro

Moradores reclamam de falta de drenagem e pavimentação nas ruas; Problema também acontece na região do Lago do Amor

Por Yarima Mecchi | 03/01/2017 12:16
Lagoa transbordou e água chegou perto de academia ao ar livre. (Foto: Yarima Mecchi)
Lagoa transbordou e água chegou perto de academia ao ar livre. (Foto: Yarima Mecchi)

Durante o Verão, moradores do entorno da Lagoa Itatiaia, no Bairro Tiradentes - região leste de Campo Grande - voltam a sofrer com as ruas alagadas e a lagoa transbordando. Na primeira segunda-feira do ano, o problema se repetiu apesar de apenas 16 milímetros de chuva e foi preciso mudar a rota para conseguir chegar em casa.

A dona de casa, Patrícia Rodrigues, mora a poucos metros do local onde passeia todas as manhãs, com a filha de um ano e conta que com o chuva de ontem a água. "Dizem que não podem asfaltar as ruas envolta para não secar a lagoa e toda vez que chova alaga tudo. Aqui tem muito lixo que as pessoas jogam também", ressaltou.

Ela disse ainda que quando chove a água dos bairros desce para a lagoa, que geralmente já está cheia, e a situação piora. "Eu moro ali na rua Honória Corrêa e não tem o que fazer. Sempre é assim: além da água da chuva tem a enxurrada que vem", afirmou.

A fisioterapeuta Amanda Fernandes, de 33 anos, também reclamou da falta de asfalto e drenagem nas ruas. "Ontem meu marido estava em casa e disse que a lagoa transbordou aqui na frente. Eu tive que dar a volta e vim pela Avenida Três Barras porque pelo bairro não tinha como entrar, estava tudo alagado", descreveu.

Ela disse que durante a chuva precisa alterar a rota, mas tem dificuldade por conta da falta de pavimentação nas vias. "Quando vem pela avenida é tudo sem asfalto e ainda na chuva fica pior. Não tem drenagem e as bocas de lobo não dão conta porque são poucas".

Quem também reclama da falta de drenagem das ruas é o funcionário público Luiz Vicente, de 54 anos. Ele alega que a lagoa não transborda, mas quando chove a água dos bairro Tiradentes e do São Lourenço vão para na lagoa e com isso alaga as ruas. "O que acontece é a falta de drenagem e a rua alaga. A impressão é que lagoa transbordou, mas na verdade é falta de drenagem mesmo".

Vicente mostrou que no cruzamento das ruas Braulio Souza e Francisco de Paula Souza tem apenas uma boca de lobo para escoar a água. "A água vem pelas ruas Francisco de Paula e pela Sebastião do Santos e para aqui, demora umas cinco horas para escoar", complementou.

Lago do Amor transbordou e sujeira ficou na calçada. (Foto: Yarima Mecchi)
Lago do Amor transbordou e sujeira ficou na calçada. (Foto: Yarima Mecchi)

Lago do amor - Outro local que também transborda quando chove é o Lago do Amor na Avenida Senador Filinton Muller. Quem passou pelo local na manhã desta terça-feira (3) notou muita sujeira de mato e galhos na calçada, além de lixo que jogam no lago.

"Eu ando todas as manhã e ontem estava limpo. Acredito que ele transbordou um pouco porque só sujou a calçada desse lado e a rua está limpa", observou o supervisor de vendas Edmilson Lourenço, de 48 anos.

Ele e o amigo moram no bairro Pioneiros e reclamam da sujeira que fica no local, além do lixo que jogam na água. "O lago transborda e o lixo vem todo para a calçada. Já vimos até fralda que trocam de criança e deixam aqui, não jogam fora. Além das garrafas pet que o pessoal larga", disse Antônio Carlos de Almeida, de 48 anos.

Ambos observaram que não tem lixeira na calçada do lago, mas também ressaltaram que as pessoas deveriam levar sacos de lixo para recolher o que levam.

Prefeitura - A reportagem entrou em contato com o atual responsável pela Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Rudi Fiorese, para saber se há projeto de obras de drenagem nos locais, mas ele estava em uma reunião e disse que retornaria a ligação. Até o fechamento desta reportagem o secretário não havia retornado a ligação. 

Confira a galeria de imagens:

  • Sujeira toma conta de calçada do Lago do Amor. (Foto: Yarima Mecchi)
  • Várias garrafas são encontradas em Lago do Amor. (Foto: Yarima Mecchi)
  • Com chuva lago transborda e sujeira fica na calçada. (Foto: Yarima Mecchi)
  • Patrícia passeia com a filha todos os dias em Lagoa Itatiaia. (Foto: Yarima Mecchi)
  • Ruas ainda estavam com poças d'água nesta manhã. (Foto: Yarima Mecchi)
  • Boca de lobo está cheia de barro. (Foto: Yarima Mecchi)
  • Nos siga no Google Notícias
    Regras de comentário