A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

01/04/2013 13:37

Empresa é condenada a pagar R$ 48 mil por não entregar móveis

Nadyenka Castro

Uma fabricante de móveis planejados foi condenada pela Justiça de Mato Grosso do Sul a pagar R$ 48 mil por não entregar móveis a um cliente de Campo Grande. O montante corresponde a danos morais e materiais.

A compra foi feita em 2007, em uma loja da Capital que à época era representante exclusiva da fabricante Todeschini. O cliente pagou R$ 33 mil por móveis planejados para o apartamento da filha, porém não recebeu a mobília.

A loja alegou que o contrato com a fábrica havia sido encerrado quatro meses após a compra. O consumidor entrou em contato com a Todeschini e esta vendeu novos móveis a preço de fábrica.

O cliente acionou a Justiça, que determinou o pagamento de R$ 33 mil por danos materiais e R$ 15 mil por danos morais. A fabricante alegou que não teve culpa da falha e que não teve participação na negociação comercial entre a loja e o consumidor.

Na decisão, o juiz Geraldo de Almeida Santiago, da 5ª Vara Cível, cita que a fabricante tem responsabilidade porque tinha contrato com a loja onde a compra foi feita e determinou o pagamento.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions