A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 25 de Junho de 2018

18/02/2011 12:02

Estação de esgoto recebe quatro toneladas de lixo toda semana

Aline Queiroz

Águas Guariroba orienta população sobre como evitar problemas

A principal estação de tratamento de esgoto de Campo Grande recebe semanalmente quatro toneladas de lixo. Outro número que preocupa está relacionado aos pedidos de desobstrução da rede coletora, que somam 20 por semena.

A empresa concessionária do serviço, Águas Guariroba, dá orientações para que as pessoas evitem problemas, entre eles, de redes que transbordaram.

Ao lavar louças, roupas, tomar banho, escovar os dentes, fazer a barba, dar descarga no banheiro, tem início o processo de formação de esgoto, que é coletado pela Águas Guariroba, transportado até uma estação e tratado.

A orientação é que, para o sucesso do processo, a população conectada à rede de esgoto não trate esse serviço como lixeira.

A população não pode jogar embalagens vazias, cigarros, fraldas, cotonetes, preservativos, absorventes, papéis, óleo de cozinha, restos de comidas ou qualquer outro tipo de lixo no vaso sanitário. Esses detritos podem entupir a rede e fazer o esgoto transbordar.

A água de chuva também não pode ser lançada da rede coletora, que é projetada para receber apenas o volume de esgoto.

Quando se liga a água de chuva à rede de esgoto, os tubos não aguentam o volume e o esgoto transborda.

Campo Grande é uma das poucas capitais do país a tratar 100% do esgoto coletado, segundo a empresa.

Depois da grande ampliação da rede coletora de esgoto, realizada no período de 2006 a 2008, o índice de doenças provocadas pela falta de saneamento teve redução de 34%, de acordo com a secretaria municipal de saúde.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions