A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Setembro de 2017

01/09/2017 07:43

Explosão em caixa eletrônico deixa rastro de destruição em empresa

Por causa do impacto da explosão, os vidros das janelas e das portas da empresa estouraram. Parte da cobertura do refeitório, onde ficava o caixa eletrônico, desabou

Viviane Oliveira e Mirian Machado
Parte do teto da empresa desabou. Por causa da explosão, vidros das janelas estouraram (Foto: André Bittar) Parte do teto da empresa desabou. Por causa da explosão, vidros das janelas estouraram (Foto: André Bittar)

A explosão do caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal dentro da empresa Cativa MS Têxtil deixou rastro de destruição. O caso aconteceu por volta das 3h desta sexta-feira (1º) na Avenida Solon Padilha, no Núcleo Industrial do Indubrasil, saída para Aquidauana, em Campo Grande. Os bandidos renderam o segurança e após a ação fugiram levando dinheiro.

Conforme o gerente Israel de Azevedo, 37 anos, o segurança contou que os bandidos cortaram a cerca e invadiram a empresa. O alarme disparou e o funcionário, que não trabalha armado, foi ver o que havia acontecido, momento em que foi surpreendido por três criminosos fortemente armados.

Um dos homens levou o funcionário para fora e o manteve refém, enquanto os outros bandidos explodiram o caixa eletrônico. Por causa do impacto da explosão, os vidros das janelas e das portas da empresa estouraram. Parte da cobertura do refeitório, onde ficava o caixa eletrônico, desabou.

A empresa, que existe há 9 anos, emprega 400 funcionários. O expediente não será afetado. Só o refeitório que ficará interditado até a reforma. “A empresa tem seguro, que já foi acionado para providenciar os reparos. “A gente nunca tinha passado por isso”, lamenta o gerente. Ele explica que o caixa eletrônico foi colocado no prédio, que fica afastado do Centro, para facilitar o pagamento aos funcionários.

O pagamento era feito dia 31 ou dia 1º de cada mês, mas há 20 dias a data foi alterada e passou para o 5º dia útil. Como o caixa eletrônico ainda não havia sido abastecido, o gerente acredita que não foi levado uma quantia muito grande. O valor roubado ainda não foi divulgado. Também não há informação sobre o paradeiro dos bandidos, que fugiram em um veículo.

Por causa do impacto da explosão, os vidros das janelas e das portas da empresa estouraram (Foto: André Bittar) Por causa do impacto da explosão, os vidros das janelas e das portas da empresa estouraram (Foto: André Bittar)
O refeitório vai ficar interditado até ser providenciada a reforma do local (Foto: André Bittar) O refeitório vai ficar interditado até ser providenciada a reforma do local (Foto: André Bittar)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions