A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

07/01/2013 13:26

Fugitivo do semiaberto luta com policiais, mas acaba preso na vila Marli

Helton Verão

Um homem que era fugitivo da Colônia Penal desde o último dia 18 de dezembro foi preso na manhã desta segunda-feira (07) pela guarnição de policiais militares do bairro Cophassul. A prisão ocorreu próximo ao Bosque da Saúde, na vila Marli.

Os policiais acharam suspeitas as ações do rapaz e no momento em que foram abroda-lo ele tentou fugir pelo matagal. Três policiais trabalharam na procura e prenderam Washington Ferreira Miranda, de 27 anos.

Ele tem passagens por furto e danos, tentou resistir a prisão lutando com os policiais até ser imobilizado e preso. Ele foi encaminhado para a 2º Delegacia de Polícia Civil. Washington volta ao regime fechado.

Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...
Bandidos armados com faca usam carro prata para assaltar vítimas
Dois homens armados com faca em um carro prata - com placas HTI-8594 - assaltaram ao menos duas vítimas, na madrugada deste domingo (17), no Bairro C...
Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...


Sr. Alexandre, não culpe o Judiciário. A responsabilidade do Juiz é apenas aplicar a Lei, e não altera-la. A culpa é de que vota, quem escolhe os representantes que, representando a vontade do povo, deveria criar leis que beneficiassem a população. Não vou falar em partidos políticos, falo apenas que escolha bem seu próximo candidato ao cargo de Dep. Estadual, Federal, e principalmente Senador. O poder de mudar está nas mãos deles.
 
Leonardo Souza em 07/01/2013 16:44:01
O índividuo fugiu do semi-aberto, será que ele merece algum benefício agora? É comprovado pelo números de passagens, pela fuga e pela desobediência aos políciais que o mesmo não quer abandonar o crime, acha que as leis não devem se aplicar ao mesmo e que a polícia não tem porque prende-lo. Isso é tudo culpa do judiciário que não reforma nossas leis com base nas experiências de políciais e cidadãos que sempre vive a mercê do crime. Aposto que aparecerá alguém do DH para ver se o mesmo esta bem cuidado(leva para sua casa então!) e algum advogado(do crime) para pedir habeas-corpus, todos estes devem ser punidos por favorecer o crime e trabalhar em favor do mesmo!
 
Alexandre de Souza em 07/01/2013 15:32:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions