A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/07/2013 11:54

Fundac oficializa tombamento e MPE recorre para manter ciclovia

Aliny Mary Dias
Fundac oficializou tombamento e questionamentos podem ser feitos em até 30 dias (Cleber Gellio)Fundac oficializou tombamento e questionamentos podem ser feitos em até 30 dias (Cleber Gellio)

O tombamento do canteiro central da avenida Afonso Pena foi oficializado nesta segunda-feira (15) com a publicação do edital pela Fundac (Fundação Municipal de Cultura) no Diário Oficial da Capital. Agora, o MPE (Ministério Público Estadual) irá recorrer para que a ciclovia permaneça na via.

Segundo o texto, o tombamento dos canteiros foi aprovado por unanimidade pelo Conselho Municipal de Cultura. O trecho aprovado pelo Planurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano) fica entre a Avenida Tiradentes e a Rua Ceará.

A notificação assinada pelo diretor-presidente interino da Fundac, Américo Yule Neto, diz ainda que a decisão pode ser contestada em até 30 dias.

O promotor Fernando Zaupa, da 26ª Promotoria do Meio Ambiente, irá emitir até a quarta-feira (17) um parecer favorável à permanência da ciclovia. A informação foi confirmada pelo vereador Eduardo Romero (PT do B). O parlamentar e o promotor se reuniram no fim da manhã de hoje.

De acordo com o parlamentar, a permanência da ciclovia no canteiro não prejudica a população e foi construída de forma legal. “Não houve descumprimento judicial na construção da ciclovia e ela não compromete ou descaracteriza a avenida”, afirma Romero.

Protestos - Há um mês, ciclistas fizeram manifestações contra a retirada da ciclovia. A expectativa dos jovens era que com o tombamento como patrimônio histórico, a área fosse retirada.

Nodia 6 de junho, um ofício foi encaminhado para a 26ª Promotoria do de Justiça do Meio Ambiente, Habitação, Urbanismo e Patrimônio Cultural do Ministério Público Estadual solicitando que a ciclovia fosse mantida no canteiro da Afonso Pena, isso porque o estudo foi solicitado por este órgão.

 

Confundido com ladrão, homem causa acidente e acaba agredido
Flávio Guimarães Fernandes, 39 anos, foi confundido com ladrão e agredido por moradores após se envolver em acidente. O caso aconteceu na madrugada d...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


Retrocesso é querer fechar os olhos e não ver que a cidade está crescendo e logo não suportará mais.
 
Beatriz Cruz em 15/07/2013 21:41:54
E o bernal? Tá sobrando tempo pra essa administração hein! Pelo jeito o lema é "já que não dou conta de fazer, vou destruir o que fizeram"
Absurdo, tá tudo pronto! Um risco a menos com os ciclistas nos canteiros e fora da avenida, até pedestres utilizam essas passagens... Vai caçar serviço útil...
A rua já está apertada demais e ainda querem devolver as bicicletas pra andar entre os carros?! Tenha santa paciência! Essa picuinha já foi longe demais!
 
Carlos Augusto em 15/07/2013 16:42:55
Espero que não aconteça,apesar de muito pouco espaço na afonso pena, a ciclovia veio muito para ajudar nos, gostaria que continuasse ...
 
Marcia queiroz em 15/07/2013 15:57:53
No meu entendimento a decisão da Fundac de definir pelo tombamento do canteiro da Avenida Afonso Pena, com a intenção de retirar a ciclovia é obra de mais uma bobagem política do atual prefeito da capital. Ele apenas quer retirar o "feito" do ex-prefeito das ruas. O que ele não tem capacidade para entender é que a ciclovia oferece mais segurança a quem usa bicicletas, dá um ar de modernidade arejada à via, é pura sustentabilidade, será cada vez mais utilizada e, por fim, ninguém vai lembrar que foi o Nelsinho quem fez. Se realmente a ação pouco inteligente de tirar a ciclovia da avenida for executada, tenho certeza que os responsáveis vão ficar bem famosos, não só no Brasil, mas em outras partes do mundo.
 
Renato Rios Fane em 15/07/2013 15:28:22
João Batista, a sua colocação é perfeita. Temos uma das maiores e mais bonitas avenidas do Brasil. Quem não estiver satisfeito com sua beleza e mobilidade que vá morar na capital paulista.
 
Alberto Gaspar em 15/07/2013 15:16:20
Ok então!!! Vamos deixar a Av. Afonso Pena como ela era antes .... Com o canteiro central com estacionamento para veículos, e aquele monte de flanelinhas drogados, com mendigos dormindo no canteiro central ....
Sou a favor do meio ambiante SIM, mas quero ver a minha cidade bonita, moderna, urbanizada...
 
Alexandre Guizelini em 15/07/2013 15:11:17
Observando a modernidade das principais cidades do mundo, observa-se que insere-se nesse contexto a questão ambiental aliada aos demais aspectos de melhoria de qualidade de vida, incluindo aí a questão da mobilidade urbana. Imaginem onde chegou São Paulo e as grandes metrópoles que abriram mão dessas duas caracteristicas da modernidade que desejamos.. vivem administrando crises. A mobilidade urbana, em cidades como Paris, por exemplo, foi garantida a partir dos investimentos nos transportes coletivos em detrimento dos individuais, excelentes condições nos ônibus e metrôs são alguns dos exemplos... o resto a natureza preservada garante à ela o titulo de uma das cidades mais lindas e charmosas do planeta !!!
 
Luiz Antonio Souza Ojeda em 15/07/2013 14:55:04
Quero ver daqui a alguns anos como ficara a mobilidade em Campo Grande,,,já não está dando para rodar de carro, agora sim, tem é que diminuir este canteiro central, e não querer torna-lo eterno, é bonito sem dúvida, mas não tem como ficar assim..... Acorda autoridades pequenas e insignificantes caim na real....pelo amor de Deus,
 
Marco Silva em 15/07/2013 14:54:00
tem que tombar a casa dessas pessoas que aprovam isso....PALHAÇADAAAAAAAAAA TOTALLLL, ÁRVORES COM MAIS DE 100 ANOS E ETC... PALHAÇADA TEMOS QUE FAZER UMA MANISFESTAÇÃOOOOOO URGENTE
 
Antonio Mendez em 15/07/2013 14:44:18
Caro Horlando de Mattos, se o sr. deseja uma cidade sem arvores vá morar em SP. Em meio a tantas poluições dessas cidades que não possuem arvores o sr. deveria agradecer por CG ser um cidade bem arborizada !
 
Kelly Corrêa em 15/07/2013 14:43:40
Quando pessoas dizem que C.Grande não passa de uma grande fazenda fica impossível contestar a essa afirmação, pois quando se deixa um pasto enorme e inútil dentro da cidade, enquanto as pessoas sendo pedestres ou com veiculo se espremem na tal Afonso Pena, significa pensar pequeno, demagogicamente ou mesmo burrice. Quando surgir um ser pensante na tal secretaria vão enxergar que precisamos é de mobilidade urbana, sem riscos de morte ou acidentes, situações que se agravam por falta de espaço para deslocamento nesse brete que nos obrigam a andar diariamente.
Dizem que burro engenheiro é difícil de encontrar mas engenheiro burro é fácil. Talvez esteja aí o motivo de tal insistência.....[2]
 
clovis araujo em 15/07/2013 13:27:22
A Avenida Afonso Pena é umas das mais belas avenidas dentre todas as cidades brasileiras. Parece mais um jardim, temos que mante-la do jeito que esta. Essa de tirar o verde para dar lugar ao carro é retrocesso. Por outro lado a ciclovia é um caminho sem volta, temos que aprender a usar mais esse recurso. Parabéns Campo Grande por ter uma avenida tão bonita!
 
João Batista em 15/07/2013 13:02:03
Quando pessoas dizem que C.Grande não passa de uma grande fazenda fica impossível contestar a essa afirmação, pois quando se deixa um pasto enorme e inútil dentro da cidade, enquanto as pessoas sendo pedestres ou com veiculo se espremem na tal Afonso Pena, significa pensar pequeno, demagogicamente ou mesmo burrice. Quando surgir um ser pensante na tal secretaria vão enxergar que precisamos é de mobilidade urbana, sem riscos de morte ou acidentes, situações que se agravam por falta de espaço para deslocamento nesse brete que nos obrigam a andar diariamente.
Dizem que burro engenheiro é difícil de encontrar mas engenheiro burro é fácil. Talvez esteja aí o motivo de tal insistência.
 
Horlando P. de Mattos em 15/07/2013 12:33:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions