ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  28    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Governo e prefeitura devem investir R$ 25 milhões em nova Feira Central

Bancada Federal já liberou R$ 15 milhões para as obras da nova estrutura do ponto turístico

Por Liana Feitosa | 24/05/2022 17:18
Reunião entre prefeita Adriane e governador Azambuja com secretários do Estado e do Município. (Foto: Paulo Francis)
Reunião entre prefeita Adriane e governador Azambuja com secretários do Estado e do Município. (Foto: Paulo Francis)

A prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes, e o governador do Estado, Reinaldo Azambuja, conversaram sobre as obras da nova Feira Central na tarde desta terça-feira (24), na governadoria. De acordo com gestor de MS, pelo menos R$ 25 milhões serão destinados em conjunto pelo Governo do Estado e Prefeitura para o início das obras da nova feirona.

“Pactuamos uma parceria que é tripartite: Bancada Federal, Prefeitura e Governo do Estado sobre a Feira Central. É um anseio das pessoas da Associação da Feira Central e a Adriane topou, a Bancada já colocou R$ 15 milhões e vamos entrar com o restante”, afirmou Azambuja.

De acordo com o governador, a obra deve ficar em torno de R$ 40 milhões e será construída onde já funciona atualmente, nos altos da Rua 14 de Julho. “Houve uma discussão sobre mudar (a feira) de local, mas a titularidade daquele terreno já é da prefeitura, o que facilita muito. Enquanto está construindo eles vão estar trabalhando já nos espaços disponíveis, o que facilita para eles”, definiu o governador.

“Vamos edificar ali na área onde é o estacionamento e depois a gente faz o estacionamento na área da frente. O importante é que vai ter uma nova feira, moderna, melhor, mais aconchegante ao feirante, aos trabalhadores, e a quem visita porque a feira é um ponto turístico”, detalhou.

Ainda segundo Azambuja, o primeiro módulo da obra é um projeto contratado pelos feirantes e pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), “agora a prefeitura e os técnicos vão se debruçar sobre ele”, completou.

“Essa reunião foi muito importante porque a gente definiu isso, vamos fazer junto porque é interesse da Prefeitura e do Estado, e a Bancada Federal também fica contente porque eles já colocaram R$ 15 milhões e agora a Prefeitura vai poder usar esses R$ 15 milhões nessa obra”, finalizou o governador.

Nos siga no Google Notícias