A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Outubro de 2019

04/05/2019 12:21

Grande gerador irregular será multado e pagará por coleta de lixo, diz prefeito

Prazo para adequação de empresas que produzem 50 quilos de resíduos por dia esgotou no fim de abril

Mayara Bueno e Fernanda Palheta
Caminhão deixa sacos de lixo em Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami).Caminhão deixa sacos de lixo em Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami).

As empresas consideradas grandes geradoras de lixo (que produzem 50 quilos ou 200 litros de resíduos por dia), que não se adequaram à regra da Prefeitura de Campo Grande, serão multadas. A afirmação é do prefeito Marquinhos Trad (PSD) neste sábado (dia 4).

A lei válida desde setembro passado prevê que as próprias empresas recolham e destinem corretamente o lixo – serviço que hoje é custeado pelo município. Um prazo para adequação foi dado, inclusive prorrogado, para que fossem feitas adequações, como a contratação de uma terceirizada para fazer o serviço.

Contudo, várias empresas não cumpriram a exigência. Agora, segundo o prefeito, a Solurb vai continuar a recolher, mas a conta será mandada para o proprietário da empresa, além da aplicação de multa. A forma e detalhes da cobrança não foram repassados pelo chefe do Executivo municipal.

Segundo o Executivo municipal, 250 empresas e órgãos que se enquadram na legislação estão irregulares, desde o começo do maio. Conforme nota da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana), 40% dos 625 grandes geradores não concluíram o seu cadastramento ou não apresentaram o PGRS (Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions