A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/05/2016 11:03

Gripe: prefeitura pretende vacinar quem teve contato com professor

Fernanda Mathias

A Prefeitura de Campo Grande, informou que, por meio da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), vai “estudar formas de imunizar as pessoas que tiveram contato com o paciente” – o professor Edevaldo Souza Prado, 57 anos, que morreu na manhã de ontem na Santa Casa, acometido pelo vírus H1N1.

A Prefeitura também destaca as dificuldades impostas por dois fatores: a quantidade de vacina disponibilizada pelo Ministério da Saúde abrange apenas os grupos de risco e que outro é que não existem vacinas disponíveis para compra nos laboratórios. “Utilizar essas vacinas para pessoas fora do grupo de risco, incorre em improbidade e desvio”.

Edevaldo lecionava Filosofia para 320 alunos dos três anos do Ensino Médio na escola Amélio de Carvalho Baís, no Coophatrabalho. Pais de alunos, que não querem ser identificados estão apreensivos. Hoje a escola está fechada, em luto. Por enquanto, não foi informado se haverá suspensão das aulas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions