A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

10/12/2015 08:49

Grupo usava cheques furtados para dar golpes em lojas de colchões

Filipe Prado e Luana Rodrigues
Os cheques e documentos foram apreendidos (Foto: Marcos Ermínio)Os cheques e documentos foram apreendidos (Foto: Marcos Ermínio)

Uma quadrilha foi presa nesta quarta-feira (9) após aplicar golpes em lojas de colchões, em Campo Grande, causando prejuízo de mais de R$ 70 mil. Ducleyton Eugênio Cavalcante, 37 anos, Tiago de Oliveira Lima, 30, e Anastácio Guiomar de Oliveira, 53, além de uma mulher, que não teve o nome divulgado, compravam cheques e documentos furtados para realizar golpes nas empresas.

Segundo o delegado Enilton Zalla, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Bairro Piratininga, as prisões começaram ontem, após abordagens do SIG (Serviço de Investigações Gerais), na Rua Ranulfo Corrêa, na Vila Nhá-Nha. Anastácio foi flagrado usando documentos falsos, em nome de Eliezer Vitor da Silva.

Ele foi encaminhado para a delegacia, onde confessou os crimes e apontou onde os comparsas estavam. Ducleyton foi encontrado no Bairro Izabel Gardens, na casa onde morava com o Anastácio, seu irmão. O autor foi preso em flagrante pelo crime de estelionato.

Na casa foram encontrados cheques de terceiros e notas falsas. Em uma das compras, conforme o registro policial, os autores compraram quatro colchões, quatro camas box e duas cabeceiras, totalizando R$ 11,9 mil, entregando seis cheques no valor de R$ 1,99 mil cada.

O delegado apontou que a quadrilha é profissional, comprando os cheques de terceiros, que realizam os furtos. Ele assegurou que outras vítimas foram feitas e outros autores ainda não foram identificados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions