A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

17/06/2011 10:47

Há 1 ano com sala nova de informática fechada, alunos ainda têm aula improvisada

Paula Maciulevicius

Espaço pronto desde abril do ano passado está fechado e alunos de escola estadual se apertam para usar computadores

Mesmo com sala de informática pronta desde abril de 2010, alunos de escola estadual tem aulas em espaço improvisado. (Foto: Simão Nogueira)Mesmo com sala de informática pronta desde abril de 2010, alunos de escola estadual tem aulas em espaço improvisado. (Foto: Simão Nogueira)

Depois de mais de um ano, a sala de informática novinha continua como se não existisse. Enquanto isso, alunos da escola estadual José Barbosa Rodrigues, no bairro Universitário, na Capital, têm aulas em salas improvisadas, sem ventilação e com poucos computadores.

Alguns dos estudantes até desconhecem o que funciona ou, pelo menos, deveria funcionar no local. “Nossa eu não sabia, está pronta, mas sem ninguém usar? Podia ter mais utilidade, tem professor que quer dar aula e não tem como, porque está ocupada a sala”, comenta Dayane Passarini, 15 anos.

A escola atende média de 1,5 mil alunos divididos em três períodos, manhã, tarde e noite. Não precisa de muitas contas para ver que matematicamente falando, uma sala com 15 computadores não basta.

“A nossa sala é numerosa, tem aluno que fica até sem cadeira”, fala Isis de Souza, 15 anos.

No colégio, duas salas de informática precisam dar conta dos alunos. Uma delas, com 15 computadores antigos e outra com pouco mais de 25. Nas duas, o ambiente não é o mais adequado. Com pouca ventilação, o lugar fica abafado e os estudantes precisam se apertar, para caber.

“A gente fica tudo encolhido, a de cima até que é boa, mas essa ali é pequena, você senta praticamente no colo da galera” relata o estudante Elizeu Rodrigues, 16 anos.

Segundo relatos dos acadêmicos, uma das salas do 3° ano tem em média 45 alunos, eles são unânimes em dizer “se passou de 30, fica muito apertado”.

A direção da escola informou ao Campo Grande News o que falta para colocar o espaço pronto desde abril do ano passado em funcionamento: a instalação da fiação elétrica e licitação para colocar ar condicionado.

“Quando realmente ocorrer a inauguração os computadores serão transferidos para a sala. Ainda é preciso esperar pelos novos, que vem do Ministério da Educação” afirmou a diretoria da escola.

A direção reconhece que as salas são adaptadas, mas garante que as aulas são dadas “eles não estão perdendo nada” completa.

Pais e alunos tem reivindicado a utilização do espaço pronto a tanto tempo. Questionados sobre a inutilidade, os alunos dizem que é a sala nova, que é velha.

“É nova desde o ano passado, quando ficou pronta. Nova que já está velha” brincam.

O estudante Paulo Henrique Silva Maciel, 16 anos acrescenta que já indagou à direção, mesmo sabendo que a responsabilidade não é da escola. “Eu já perguntei porque não estava aberta, sem colocar computador. A resposta é que o governo precisa liberar verba”, resume.

Até que a verba seja liberada, a rotina dos alunos é tirar do próprio bolso o custeio dos trabalhos. No data em que o Campo Grande News esteve no local, estudantes disseram que no dia, iriam até algum cyber, para realizar as atividades.

“Atrapalha muito, dependendo do trabalho. Hoje mesmo eu vou ter que ir no cyber, fazer e imprimir, vai uns R$ 3 reais”, declarou a estudante Ísis.

A Secretaria de Educação foi procurada e informou que a demora ocorre por conta do Ministério da Educação, que ainda não enviou os computadores novos para a instalação no local.

Sobre o uso do espaço com os equipamentos da própria escola, a Secretaria esclarece apenas que a direção tem autonomia para fazer essa alteração.



na minha opinião isso é errado eles cobram tanto dos alunos mas nessas condições é complicado né,ficar dentro de umas sala de aula no calor sem ventilação sinceramente ñ da...
 
natalia soares em 17/09/2012 01:22:21
só uma ressalva. As salas de tecnologias não tem a função de pesquisa de trabalhos. Muito menos para impressões. É uma sala de aula. Tecnologia no ensino das diferentes disciplinas. Pesquisas e impressões dos alunos só em casa ou em cybers.
 
Dilan Hugo em 17/06/2011 06:33:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions