A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

11/01/2019 16:07

Idosos se livram de quadrilha que planejava assalto por ordem de presos

Grupo agiria sob ordens de detento e realizaria mais roubos; cão da casa das vítimas seria envenenado para permitir invasão

Humberto Marques e Kerolyn Araújo
Prisões ocorreram nesta sexta-feira; grupo agiria a mando de detento. (Foto: Kisie Ainoã)Prisões ocorreram nesta sexta-feira; grupo agiria a mando de detento. (Foto: Kisie Ainoã)

Denúncias encaminhadas à Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) levaram à prisão de uma quadrilha presa durante tentativa de assalto à casa onde vivem dois idosos no bairro Mata do Segredo – no Norte de Campo Grande. O crime foi frustrado na madrugada desta sexta-feira (11), quando três dos quatro suspeitos foram presos. O último integrante do grupo foi preso horas depois, no bairro Nova Lima. Todos estariam sob ordens de um interno do sistema penal estadual.

As prisões começaram por volta das 5h, quando Manoel Melo Paiva, 26, com antecedente por estelionato; Diego da Silva Magalhães, 18, que enquanto menor se envolveu em ato infracional equivalente a receptação e tráfico; e Vítor Augusto Argoleio Souza, 21, natural de Brasília e sem antecedentes; foram flagrados em um automóvel HB20, alugado, em frente à casa das vítimas –com cerca de 70 anos e que vivem com um neto, de 5. Caio Victor Florentino de Oliveira, 20, foi preso pela manhã.

Delegado-adjunto da Derf, Mateus Zampieri explicou que a Polícia Civil recebeu informações de que um grupo planejava uma série de roubos na cidade a mando de um detento. Nesta madrugada, invadiriam a casa das vítimas. Na ação, cada suspeito teria um papel predefinido: Manoel dirigiria o carro com os comparsas, enquanto Caio Victor ficaria responsável por envenenar o cachorro das vítimas –ele teria jogado pedaços de carne com as substâncias para que o cão “apagasse” e, então, permitisse a entrada dos criminosos sem maior alarde.

Diego Magalhães, armado com um revólver calibre .38, ficaria responsável por render as vítimas, enquanto Vítor Augusto vigiaria os arredores.

De posse das informações, os policiais foram ao local e flagraram Manoel, Diego e Vítor dentro do automóvel. O cachorro da família já teria ingerido a carne envenenada –não foram dadas informações sobre o estado do animal. Caio Victor foi encontrado horas depois.

Concluídas as priões, as autoridades deram início às investigações para descobrir quem foi o preso mandante da ação criminosa. Os quatro detidos vão responder por roubo na forma tentada com emprego de arma e associação criminosa.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions