A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

29/01/2015 15:00

Igreja faz levantamento e pode ceder área para favela só no 2º semestre

Michel Faustino
Dom Dimas afirmou que permuta vai depender de levantamento feito pela igreja. (Foto: Marcos Ermínio)Dom Dimas afirmou que permuta vai depender de levantamento feito pela igreja. (Foto: Marcos Ermínio)

A novela envolvendo a transferência dos moradores da favela Cidade de Deus, localizada nas intermediações do lixão, no bairro Dom Antônio Barbosa, para uma nova área no Jardim Noroeste, região leste da Capital, continua e um novo impasse deve ocorrer, ao menos em um primeiro momento.

Anunciada pelo prefeito Gilmar Olarte (PP) como solução para ampliar a área no Noroeste que deve receber cerca de 200 famílias da Cidade de Deus, a permuta de terrenos com a igreja católica só deve ser concretizada após levantamento que ficará pronto somente no 2ª semestre deste ano, segundo o arcebispo metropolitano Dom Dimas Lara Barbosa.

De acordo com Dom Dimas, o levantamento das áreas pertencentes à igreja, que eventualmente poderão ser utilizadas em permuta, começou a ser feito no fim do ano passado, justamente, pelo interesse do município de algumas áreas, entre elas, algumas localizadas no Jardim Noroeste, que ficam anexas a área já desapropriada para receber os moradores da Cidade de Deus.

Impasse - A transferência da favela Cidade de Deus, nas imediações do lixão, bairro Dom Antônio Barbosa, na saída para Sidrolândia, foi definida pela Justiça em 5 de dezembro de 2014. Além dos 25 quilômetros de distância, o desafio é dotar o novo endereço com infraestrutura, escola, atendimento médico e linhas de ônibus para atender as 240 famílias.

A mudança também resultou em desapropriações e briga por área no Jardim Noroeste. No dia 30 de dezembro do ano passado, Arthur Altounian obteve na Justiça a reintegração de posse. Ele denunciou que a Prefeitura de Campo Grande invadiu área particular.

No dia 7 de janeiro, a prefeitura desapropriou a área de 4,8 mil metros quadrados e a defesa do aposentado prometeu recorrer da decisão. Na semana seguinte, mais seis lotes foram desapropriados. No Jardim Noroeste, o terreno, novo endereço da famílias, já tem postes para energia elétrica e hidrômetros.

Procurado pelo Campo Grande News o procurador geral do município, Fabio Castro Leandro, disse que ainda aguarda uma decisão da Justiça para transferir os moradores.



Que tal esta igreja doar a(s) área(s) para os necessitados? Afinal deve tê-la recebido gratuitamente ou a comprou com o dízimo e ofertas de seus membros. Será que nem a cidade de Deus pode ser transferida gratuitamente para as terras da igreja? "Não ajunteis tesouros na terra onde o ladrão e a traça destroem, antes ajunteis tesouro no céu, pois onde estiver o teu tesouro estará o teu coração" "Dai de graça aquilo que de graça recebeste". "O que fizerdes a cada um destes pequeninos estarás fazendo a Min"
 
jukahballa em 30/01/2015 08:25:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions