A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

20/10/2015 11:09

Iniciativa do TJ-MS descarta mais de 98 quilos de pilhas e baterias usadas

Flávia Lima
Objetivo é conscientizar sobre a importância do descarte correto. (Foto:Divulgação)Objetivo é conscientizar sobre a importância do descarte correto. (Foto:Divulgação)

Com o objetivo de evitar a contaminação do meio ambiente, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, através da Secretaria de Obras, realizou a coleta de 98,20 quilos de pilhas usadas e 18 quilos de baterias usadas, que serão descartadas de forma que não contamine o solo.

O material foi depositado nas caixas coletoras, localizadas no saguão principal do Tribunal de Justiça, no Fórum de Campo Grande, no Juizado Central e no Fórum de Dourados.

A proposta também é conscientizar os servidores sobre a necessidade de dar um destino correto a esses materiais. A destinação correta das pilhas e baterias usadas faz parte da meta que visa o descarte adequado dos resíduos do Poder Judiciário do Estado, previsto no Plano de Logística Sustentável.

As pilhas e baterias em funcionamento não oferecem riscos à saúde. O problema é quando elas são descartadas em lixo comum e as cápsulas que as envolvem passam por deformações, deixando vazar o líquido tóxico de seus interiores. Esse líquido se acumula na natureza e contamina o solo e o lençol freático.

O material coletado será encaminhado ao Programa Abinee - Recebe Pilhas, desenvolvido pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica, e que realiza a coleta e encaminhamento das pilhas e baterias portáteis para reciclagem e destinação final ambientalmente adequada.

Após dois anos, TJ aprova reinstalação de duas comarcas do interior
Os desembargadores do Órgão Especial do Tribunal de Justiça aprovaram ontem (14), por unanimidade, a minuta que visa a reinstalação das comarcas de A...
TJ nega habeas corpus e mantém preso ex-escrivão acusado de matar ex-mulher
O escrivão da Polícia Civil, Ricardo Barém de Araújo, condenado a 15 anos de prisão, continuará cumprindo a pena  em regime fechado. Nesta quinta-fei...
TJ/MS rejeita recurso da Prefeitura e mantém em 20% bloqueio para Solurb
O juiz Geraldo de Almeida Santiago, atuando em substituição no Tribunal de Justiça, rejeitou recurso da Prefeitura de Campo Grande e manteve em 20% ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions