A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Novembro de 2018

21/06/2011 18:46

Jovem é preso dois anos após matar ex-companheira a tiro no Nova Lima

Nadyenka Castro

Ele nega o crime

Gilmar está preso por matar ex-companheira. (Foto: Divulgação)Gilmar está preso por matar ex-companheira. (Foto: Divulgação)

Está preso Gilmar Pereira Barbosa, 27 anos, apontado como autor do tiro que matou a ex-companheira dele, Irenir Rosário Braz Santos, 54 anos, há mais de dois anos, no bairro Nova Lima, em Campo Grande.

O crime aconteceu no dia 4 de abril de 2009, na casa da vítima, após ela ter ido a um bar com um amigo. Ele nega a autoria.

De acordo com a Delegacia Especializada de Homicídio, o crime ficou dois anos sem autoria identificada, só sendo esclarecido quando investigadores dessa delegacia passaram a atuar no caso.

Segundo apurado pela Delegacia de Homicídios, Gilmar não aceitava a separação e após ter ficado sabendo que Irenir havia ido a um bar ingerir bebida alcoólica com um amigo, foi à casa dela e desferiu diversos tiros, sendo que apenas um a acertou.

Ela foi atingida na boca, sendo que o projétil transfixou a cabeça, matando-a na hora. Gilmar fugiu, sendo preso somente agora, após prisão decretada pela 2ª Vara do Tribunal do Júri. Ele foi indiciado pelo homicídio, mas nega que o tenha praticado.

Conforme investigações da delegacia, duas ex-companheiras de Gilmar já registraram boletim de ocorrência contra ele. O jovem já teria tentado mata-las.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions