ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Jovem que matou tia com 24 facadas é julgado nesta quarta-feira

Ismael Lourival Alves dos Santos está sendo julgado na 2ª Vara do Tribunal do Júri; crime ocorreu em abril do ano passado

Por Kerolyn Araújo | 30/09/2020 09:01
Movimentação de policiais na casa onde ocorreu o crime. (Foto: Clayton Neves)
Movimentação de policiais na casa onde ocorreu o crime. (Foto: Clayton Neves)


Quase um ano e meio após matar a tia com 24 facadas, está sendo julgado nesta quarta-feira (30) na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Ismael Lourival Alves dos Santos, 22 anos. O crime ocorreu no Bairro Santo Amaro.

A vítima, Ivelin Aparecida Alves dos Santos, 46 anos, estava morando com Ismael e os dois irmãos do rapaz há pouco mais de um ano na casa onde ocorreu o assassinato. Ela já havia registrado boletim de ocorrência por violência doméstica contra o autor, outro sobrinho, o irmão e contra o próprio pai dela. Ela chegou a ser beneficiada com medida protetiva, mas em 2016 desistiu da ação.

À polícia, Ismael contou que matou a tia porque era "atormentado" por ela desde quando tinha 12 anos. Segundo o réu, Ivelin tinha um temperamento difícil, era muito agressiva e durante as brigas costumava arremessar sapatos e pratos de comida contra os sobrinhos.

Ainda segundo depoimento do réu à polícia, quando tinha 12 anos, a tia chegou a aliciá-lo mostrando lhe um vibrador.

No dia do crime, os dois discutiram e a vítima ameaçou colocar veneno da comida do sobrinho. Durante a discussão, ele esfaqueou a tia 24 vezes.

Horas após o crime, Ismael se apresentou à Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher). Ele foi preso em flagrante e autuado por feminicídio.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário