ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Mãe reclama de carne malcozida e galho em marmita no HU de Campo Grande

Empresa terceirizada responsável por fornecer as refeições já foi multada, diz hospital

Por Cassia Modena | 15/04/2024 12:01

Carne moída malcozida e a presença de um pequeno galho em refeições servidas a acompanhantes e pacientes no Humap (Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian), o HU de Campo Grande, causaram indignação na empregada doméstica Cristina Almeida, que acompanha o filho de 1 ano e meio internado na instituição.

O vídeo acima foi feito no domingo (14), dia em que o bebê conseguiu ser transferido da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Universitário para o hospital, após cinco dias de espera.

"Essa empresa responsável [pela refeição] precisa dar uma explicação e melhorar o atendimento aos pacientes aqui. Que comida é essa, gente? Nós já não estamos bem, com os filhos doentes, com parentes doentes, a cabeça não está legal. Chegamos aqui e olhamos para essa comida, que tem uma aparência péssima. Poxa, parece que a pessoa fez de qualquer jeito e jogou aqui dentro dessa marmita para a gente comer", reclama a mãe.

A empresa contratada para fornecer a alimentação aos pacientes e acompanhantes do Humap é a Cook Empreendimentos em Alimentação Coletiva Ltda.

A empregada doméstica chegou a conversar com a nutricionista que trabalha para a terceirizada dentro hospital. Relata ter sido informada que a carne não estava crua e que o galho encontrado é de louro, planta usada como tempero.

"Ela me informou um ácido que eles usam para manter a carne [conservada] por mais tempo, dá essa aparência que está crua. Mas, que tipo de alimento que é esse que eles servem no hospital?", questiona.

Já a preocupação com o galho, é com possível engasgo. "A gente usa a folha de louro na comida, não o galho", diz Cristina.

O Campo Grande News enviou e-mail para a empresa e aguarda receber o posicionamento oficial sobre a denúncia da mãe, para acrescentar à matéria.

Já multada - A assessoria de imprensa do Humap informou que oito processos de apuração de responsabilidade já foram abertos contra a Cook, devido a denúncias anteriores. Inclusive, multa foi aplicada devido a irregularidades no serviço.

Duas nutricionistas no Humap são responsáveis pela avaliação da qualidade das refeições servidas, acrescenta a assessoria.

"O hospital tomará outras medidas para sanar tais ocorrências. Neste caso específico, a nutricionista clínica de plantão tomou conhecimento e comunicou a fiscalização no mesmo dia do acontecimento. A nutricionista da empresa terceirizada ofereceu a troca imediata da refeição que não foi aceita pela denunciante. No entanto, foi oferecido um lanche reforçado como substituto da refeição e foi aceito", finaliza em nota o HU.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.


Nos siga no Google Notícias