A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

31/10/2012 16:55

Mais cinco afirmam que PM atirou para matar em frente de boate

Outras quatro testemunhas já haviam confirmado a versão no domingo

Helton Verão
Ike tentou conter a confusão e foi atingido por um tiro na cabeça (Foto: Arquivo Pessoal)Ike tentou conter a confusão e foi atingido por um tiro na cabeça (Foto: Arquivo Pessoal)

Mais cinco testemunhas que presenciaram a briga generalizada em frente a casa noturna Santa Fé, que terminou na morte de Ike Cézar Gonçalves, de 29 anos, prestaram depoimento hoje na DEH (Delegacia Especializada de Repressão aos crimes de Homicídio) ao delegado Edílson dos Santos.

Todas tiveram a mesma versão das demais testemunhas ouvidas no domingo (28), pela delegada da Depac Piratininga, Franciele Candotti Santana. Que o policial militar Bonifácio dos Santos Junior, de 36 anos, que é lotado na Cigcoe (Companhia Independente de Policiamento de Crises e Operações Especiais) atirou intencionalmente para matar a vítima que tentava apaziguar a briga.

Conforme os depoimentos, dois amigos de Bonifácio, ainda não identificados, abordaram uma das meninas que estava no grupo junto à Ike Cézar, começando uma confusão.

O policial não estava ao lado dos dois amigos, mas apareceu alcoolizado durante o desentendimento, e disse apenas uma frase, “eu sou policial”.

As testemunhas também contam que Bonifácio estava dentro do carro, e dali mesmo efetuou os primeiros disparos. Após descer, ele fez mais disparos, um atingindo Ike Cézar e outro de raspão em Max Bruno Souza Leite, amigo da vítima.

Depois, Bonifácio continuou atirando, antes de ir embora do local. Foram disparados entre quatro a sete tiros, segundo os depoimentos, que também indicam que a vítima estava separando a briga.

 

Casa de show Santa Fé (Foto: Minamar Júnior)Casa de show Santa Fé (Foto: Minamar Júnior)

Bonifácio fugiu do local junto a outro amigo, Osni Ribeiro de Lima, de 36 anos. Ambos foram presos, e Bonifácio ainda apresentava sinais de embriaguez. Em depoimento, ele afirma ter efetuado três disparos para dispersar a confusão, todos para o alto.

Entretanto, segundo a delegada Franciele Candotti, o policial se contradiz nos depoimentos. Pois o próprio admite ter atirado duas vezes para cima antes de descer do veículo e outras duas depois que desceu, assim já contabilizando quatro tiros.

Mas a explicação não convenceu, pois ainda foram disparados pelo menos mais dois tiros, o que passou de raspão por Max e o que matou Ike.

A delegada Franciele considerou bem esclarecido os acontecimentos através dos primeiros depoimentos. O delegado da DEH, Edílson dos Santos seguirá ouvindo mais testemunhas nos próximos dias.

 



Mais do que apoiado José Flores!!! Ele não é diferente de outros criminosos, assassinato é assassinato para qualquer um !!! Nesse caso é ainda pior, pois ele recebe de nossos bolsos para dar segurança a nossa sociedade. Vamos ser justos uma única vez! Porque desejar pena de morte, xingar e ter ódio de qualquer outra pessoa que fizesse isso, e desse sujeito não??? Tentar compreender e não julgar? Nosso país só irá melhorar quando aprendermos o verdadeiro significado de justiça e democracia !!!
 
Mariana Matos em 02/11/2012 11:39:17
se fosse o contrario, o ike tivesse matado o policial, estaria todo mundo condenando ele chamando dos piores nomes, mas como se trata de um policial, sempre aparece uns baba-ovo pra defende o indefensavel, tiro na cabeça de uma pessoa desarmada, pura covardia....e outra, sempre vejo no picarelli, muleque sendo preso com meia duzia de paradinha, ai botam foto, filmam, etc......acho q deveria ser mostrada uma foto desse assassino, para q a sociedade saiba quem cometeu esta ato tao terrivel
 
jose flores em 01/11/2012 20:33:53
Pessoas ligadas e conhecidas de Ike vítima do fato, alegaram QUE " IKE SEMPRE FOI AGRESSIVO E EXPLOSIVO E QUE NUNCA LEVOU DESAFORO PRA CASA", o que teria acontecido então??? Será que um minímo de bom senso por ambas partes não resolveria o problema!!! A população em sim, não pode julgar um ao outro, pois ninguém sabe o dia do amanhã, ninguem estava vivendo aquele momento, o grau de nervosismo, pq mesmo depois de efetuar três disparos para coibir injusta agressão, IKE mais o grupo de amigos partiu pra cima do Policial " José Bonifácio" ????
 
Agente simith em 01/11/2012 11:10:52
Acusar é fácil, vá a fundo e veja o problema de cada um, se você não tiver pecado atire a primeira pedra, não seja hipócrita, não julgues para não ser julgado...
 
pedro paulo diniz em 01/11/2012 11:04:14
HOMICIDA, ASSASSINO, PIOR DE TUDO ARMADO COM DINHEIRO DOS MEUS IMPOSTOS, PRATICANDO INJUSTIÇA CONTRA SOCIEDADE,ESTE CANALHA NÃO APREENDEU NA ACADÊMIA, QUE SUA FUNÇÃO É A PROTEGER A SOCIEDADE? ENVERGONHA A FARDA QUE USAVA!. QUE ESPERO QUE TAL SUJEITO NUNCA MAIS USE. NÃO VOU ME REFERI A TAL SUJEITO COMO POLICIAL, POIS ELE NÃO SABE O ISTO SIGNIFICA.
 
Fabio Salomão em 01/11/2012 10:49:00
O que me preocupa é mais um vagabundo desses que dá uma de machão escondido atrás de uma farda e invés de proteger é uma ameaça porque tem a proteção do corporativismo de uma instituição que ainda tem as nossas considerações, mas este bandido vai ficar recebendo do estado e cuidando de cachorro no hotel de transito da PM isso se não for inocentado como legitima defessa.
 
Nil Barbosa em 01/11/2012 10:35:47
Eu tenho mais medo desses que se dizem autoridade e andam armando do que de bandido. Ao menos o bandido nao carrega o elemento surpresa, sabemos o que é e pronto.
Agora essas pessoas despreparadas, com distintivo e arma, são pragas
 
fabiano silva em 01/11/2012 09:22:29
Tem que ficar preso? Com certeza, tirou uma vida, deve pagar pelo seu erro!
Não acho que deva ter qualquer regalia. O que me chama atenção é que quando é um cidadão comum e não um policial já vi casos de o autor do homicidio mesmo após ser preso em flagrante aguardar a pena em liberdade. Acho que alguém quando comete um crime desta magnitude tem que ser preso e permanecer preso independente de ser policial, membro do judiciario ou qualquer outra profissão, hoje se alguem tem dinheiro vai protelando decisões e permanece livre até o tal "transitado em julgado" que sempre ouço falar mas nunca vejo acontecer na prática. Esta sensação de impunidade que vivenciamos só faz aumentar a criminalidade.
 
Luis de Souza Silva em 01/11/2012 08:39:32
Esses barzinhos onde só rola cachaçada e algo mais só da nisso mesmo !!!! no fim de tudo acaba em brigas e tiros.......ta precisando de toque de recolher as 10 horas da noite pra todo mundo ...se nao sabe viver em sociedade entao que cada um fique em casa trancado....tem que ser radical ....
 
ROGERIO CARVALHO LEONEL em 01/11/2012 08:34:57
Como cidadão que sou, vou pedir a todo o povo desse mato grosso do sul, que exigam do governador mais resposabilidade destes policiais militares que sai matando pessoas inocentes, e o pior de tudo isto é que estas pessoas morta, ainda são transformadas pela própria direção da polícia militar como se fosse bandidas, invertendo as coisas para sempre seus policiais ficar sem punição. Porque só os policiais da cigcoe que mais matam as pessoas "bandidas" ou inocentes? Já paramos pra pensar e exigir atitudes do governador quanto a estas mortes praticadas por policiais militares?Quantas pessoas inocentes estã morrendo e transformadas em bandidas, e quantas familias tem que ficar quietas por causa disto. Governador faça alguma coisa, isto é obrigação sua zelar pela segurança, vida de todos nós.
 
marcio pereira em 01/11/2012 08:34:04
esse policial ja morou em Porto Murtinho, era acostumado a fazer isso, gosta se exibir, alcoolatra, tem q apodrecer na cadeia,Assasino
 
Luis Luchiquwm em 01/11/2012 08:13:38
viu mais 2 morreram em SP pega esse canalha bandido safado solta com a farda dele nas ruas com um alvo nas costa em SP ai vamos ver se ele e valente msm esse tem que fica na maxima nao no presidio da pm la se duvidar vai fazer ate churrasco e toma umas cervejas
 
ezequiel fernandes em 01/11/2012 07:52:49
HOMICIDA, ASSASSINO, CANALHA ! VOCÊ ENVERGONHA A HONRA DA PM/MS!!!
 
CARLOS RENATO LOPES em 31/10/2012 23:15:21
"Pau que dá em chico dá em Francisco", vamos aguardar... ou vai dar em corporativismo!
 
sandra lima em 31/10/2012 21:02:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions