A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/05/2016 12:15

Militares protocolam contraproposta e se juntam a policiais civis em manifesto

Guilherme Henri
Militares de folga chegaram em carreata na 1ª Delegacia de PolíciaMilitares de folga chegaram em carreata na 1ª Delegacia de Polícia

Cerca de 150 militares protocolaram na manhã desta quinta-feira (5) uma contraproposta de reajuste salarial na governadoria, no Parque dos Poderes, após terem rejeitado em assembleia o que foi proposto pelo Governo. Depois eles seguiram em carreata para a 1º Delegacia de Polícia de Campo Grande onde se juntaram aos investigadores e escrivães que paralisaram as atividades por 24h pela mesma causa.

A contraproposta dos militares estende o reajuste de R$ 400 para, além de soldados e cabos, também para sargentos e subtenentes, incorporando todo o valor já no salário-base. Já a Polícia Civil reivindica 20,20% de reajuste salarial.

O Governo do Estado propôs abono de R$ 200 para todos os servidores e 6% de reajuste, proposta que foi recusada pelas categorias.

Além da manifestação em frente a delegacia, os policiais civis não estão registrando boletins de ocorrência. Apenas flagrantes e atendimento a mulheres agredidas serão registrados no período em que eles cruzaram os braços.

No próximo sábado, os investigadores e escrivães se reúnem para assembleia. A categoria não descarta possibilidade de greve, caso não tenha acordo com o governo.
Já os policiais militares que participam da manifestação estão de folga.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions