ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  11    CAMPO GRANDE 15º

Capital

Morre motociclista que furou preferencial e colidiu com caminhão boiadeiro

Morte foi confirmada por familiares e amigos nas redes sociais; Gabriel da Silva Nunes tinha 24 anos

Por Ana Oshiro | 13/05/2022 06:21
Gabriel, de preto, em foto publicada nas redes sociais em fevereiro deste ano. (Foto: Reprodução/Instagram)
Gabriel, de preto, em foto publicada nas redes sociais em fevereiro deste ano. (Foto: Reprodução/Instagram)

O motociclista Gabriel da Silva Nunes, de 24 anos, morreu na Santa Casa de Campo Grande na noite desta quinta-feira (12). O jovem colidiu com a moto que conduzia em um caminhão boiadeiro, no cruzamento das ruas São Ramão com a Doutor Miguel Vieira Ferreira, na Vila Nasser, em Campo Grande, na manhã desta quinta-feira.

Gabriel foi socorrido em estado grave pela viatura Ursa (Unidade de Resgate e Suporte Avançado) do Corpo de Bombeiros Militar e encaminhado para a Santa Casa, onde permaneceu em coma e intubado. Familiares chegaram a fazer campanha nas redes sociais pedindo doações de sangue para o jovem, mas ele não resistiu e faleceu perto das 20h.

Motocicleta ficou destruída após colisão com caminhão.(Foto: Henrique Kawaminami)
Motocicleta ficou destruída após colisão com caminhão.(Foto: Henrique Kawaminami)

Segundo testemunhas, Gabriel seguia em uma Honda Biz, quando invadiu a preferencial e acabou atingido pelo caminhão conduzido por Mário Aparecido, de 46 anos. Mário disse ao Campo Grande News, logo após o acidente, que estava indo lavar a gaiola do veículo, quando foi surpreendido pela moto. “O motociclista varou o pare. Eu vinha descendo. Ele bateu a cabeça no chassi e a moto no escapamento”, lamentou.

De acordo com os moradores da região, acidentes parecidos acontecem com frequência no cruzamento e eles pedem que seja instalado um quebra-molas, já que o sinal de pare não é respeitado pela maioria dos condutores que passam pelo local.

Nos siga no Google Notícias