A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

29/10/2017 08:48

Motorista de Uber erra o caminho e candidatas de Cuiabá perdem prova

Osvaldo Júnior e Mirian Machado
Momento em que os portões foram fechados na Uniderp (Foto: André Bittar)Momento em que os portões foram fechados na Uniderp (Foto: André Bittar)

Depois de percorrerem 694 quilômetros, as amigas Aline Araújo Mota, 30 anos, e Patrícia Carvalho Martin Dias, 32, tiveram o sonho de aprovação em concurso público frustrado. Elas estão entre os candidatos que se atrasaram para prestar as provas do certame do TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Aline é assistente social e Patrícia, acadêmica do último semestre de Engenharia Civil. Elas vieram de Cuiabá para prestar provas relativas a suas áreas. Com malas e travesseiros, as duas contaram que saíram da rodoviária em direção à Uniderp. No entanto, o motorista da Uber teria errado o trajeto e as levou para a UCBD (Universidade Católica Dom Bosco). Ele ainda tentou levá-las ao local correto, mas não chegou a tempo.

“O motorista veio pra cá [Uniderp], mas chegamos atrasadas”, contou Aline, que está gestante e que terá de esperar até as 14h para viajar de volta para Cuiabá. “Vamos para a rodoviária e esperar até esse horário”, acrescentou, demonstrando frustração.

Ainda com as malas, Aline e Patrícia perderam o horário, porque, segundo elas, o motorista errou o caminho (Foto: André Bittar)Ainda com as malas, Aline e Patrícia perderam o horário, porque, segundo elas, o motorista errou o caminho (Foto: André Bittar)

Aline, Patrícia e outros candidatos reclamaram, ainda, de os blocos fecharem quando os portões ainda estavam abertos. Isso teria gerado falsa expectativa nas pessoas que chegaram atrasadas de que estariam no horário. De acordo com eles, os blocos foram fechados às 7h40, horário informado no edital, mas os portões fecharam dez minutos depois. Assim, os candidatos atrasados, que entraram na Uniderp, não conseguiram chegar às salas e tiveram de retornar.

Segurando o choro, uma candidata, que pediu para não ser identificada, contou que já estava no local da prova, mas precisou buscar documento de identificação. “Conversei com o fiscal e perguntei se podia pegar meu documento. Ele deixou. Então, meu pai jogou o documento por cima do muro. Mas quando retornei, outro fiscal me barrou. Tentei argumentar, procurei o outro fiscal, mas não teve jeito”, relatou, com os olhos lacrimejantes.

Com salários de até R$ 5.636,96, o concurso do TJMS selecionará profissionais para 20 diferentes cargos. O certame, que vai formar cadastro de reserva para 560 vagas, teve 22.814 inscritos.

TJ-MS realiza hoje prova em concurso para 20 cargos diferentes
O TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) realiza hoje (29), a prova a partir das 8h, em concurso para 20 cargos diferentes, que teve 22.81...
Concurso do TJ será realizado para mais de 22 mil candidatos no domingo
As provas do concurso do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, serão aplicadas no domingo (29), para 22.814 candidatos em 20 cargos oferecidos. ...
Concurso de prefeitura com 99 vagas inscreve até dia 23 de novembro
Terminam no dia 23 novembro as inscrições de concurso público da Prefeitura Municipal de Guia Lopes da Laguna, distante 227 quilômetros de Campo Gran...


Se tivessem ido de Taxi Antigo o motorista iria fazer um trajeto mais longo pro taxímetro cobrar mais, pois elas não conhecem a cidade.

Agora o erro foi delas mesmo, pois no UBER você escolhe o percurso da viajem no aplicativo antes de chamar o carro.
 
wild em 30/10/2017 23:05:15
SE TIVESSEM IDO DE TAXI NAO TERIAM PROBLEMAS
 
Hamilton Duarte Silva em 29/10/2017 13:29:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions