A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

13/05/2019 22:06

Nando será julgado amanhã por execução de adolescente de 17 anos

Adriano Fernandes
Nando sendo transportado pela polícia para averiguações na época em que os assassinatos vieram a tona. (Foto: Arquivo) Nando sendo transportado pela polícia para averiguações na época em que os assassinatos vieram a tona. (Foto: Arquivo)

Luiz Alves Martins Filho, o Nando, será levado a júri pela 8ª vez nesta terça-feira (14), pelo assassinato de Daniel Gomes de Souza Carvalho, de 17 anos. Ele já foi condenado a 87 anos e seis meses de prisão pelas suas execuções em série e ocultações dos cadáveres, na região do Jardim Veraneio em Campo Grande.

Na sessão de amanhã, Claudinei Augusto Orneles Fernandes, comparsa de Nando também será julgado por envolvimento no crime. Consta nos autos do processo que no dia 20 de dezembro de 2012, a dupla matou o adolescente estrangulado na Rua dos Astronautas, no Jardim Veraneio. O motivo, segundo os acusados é porque o garoto teria realizado vários furtos pelo bairro.

Claudinei teria atraído Daniel até o local para um suposto encontro com outras garotas, mas acabou executado.

Neste caso, Nando foi pronunciado pelo crime de homicídio por motivo torpe, asfixia e dissimulação, ocultação de cadáver. O julgamento está marcado para começar às 8 horas, no plenário do Tribunal do Júri.

Serial Killer -Nando já foi condenado a 87 anos e seis meses de prisão pelos assassinatos em série. As vítimas eram, em maioria, jovens mulheres envolvidas com consumo de drogas e inseridas em contexto de vulnerabilidade social. Ele é acusado de ter matado pelo menos 16 pessoas, entre os anos de 2012 e 2016.

O Caso Nando deve resultar em 35 julgamentos, o mais extenso na história do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul. (Matéria editada para correção de informação).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions