ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUARTA  28    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Nenhuma empresa se interessa por obra no trânsito da Três Barras

Nenhuma empresa se interessou no projeto, que tem custo previsto de R$ 1,8 milhão

Adriel Mattos | 05/07/2022 07:27
Projeto foi lançado no ano passado, em parceria com o governo do Estado. (Foto: Denilson Secreta/PMCG)
Projeto foi lançado no ano passado, em parceria com o governo do Estado. (Foto: Denilson Secreta/PMCG)

Terminou sem interessados a concorrência pública para execução do projeto de reordenamento viário da rotatória nas avenidas Três Barras e José Nogueira Vieira, além das ruas Marquês de Lavradio, Domingos Jorge Velho, Manoel da Nóbrega e Miguel Sutil. A sessão de licitação realizada na segunda-feira (4) não teve nenhuma proposta.

Na ata da Comissão Permanente de Licitação, consta que os membros abriram a reunião sem que qualquer empreiteira tenha enviado representantes com propostas. A sessão foi encerrada após 30 minutos, ainda vazia, como prevê a legislação.

Com isso, o município deve lançar outra licitação, o que não tem ainda não tem data.

Projeto – Como foi feito na rotatória das ruas Joaquim Murtinho e Ceará com a Avenida Eduardo Elias Zahran, a rotatória da Três Barras será reduzida para desafogar o trânsito. Após a obra, quem vem do bairro Tiradentes poderá seguir na Três Barras ou virar na José Nogueira Vieira.

A Rua Domingos Jorge Velho será mão única, na última quadra, para quem vem do bairro Vilas Boas. Com a conversão para a Três Barras proibida, o motorista terá que virar à direita na Manoel da Nóbrega e depois à esquerda na Miguel Sutil. Hoje, quem passa por esses dois locais precisa ter paciência, já que o tempo do trajeto é considerável.

O Governo do Estado repassou por meio de convênio R$ 994,7 mil para a prefeitura executar a obra, que entrará com R$ 750 mil. No total, o investimento será de R$ 1,8 milhão.

Nos siga no Google Notícias