A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

14/10/2016 20:43

Novo comandante do CMO assume posto com missão de destravar o Sisfron

Nyelder Rodrigues e Ricardo Campos Jr.
Passagem de comando do CMO foi realizada nesta noite (Foto: Alcides Neto)Passagem de comando do CMO foi realizada nesta noite (Foto: Alcides Neto)

O novo comandante do CMO (Comando Militar do Oeste), o general Gerson Menandro Garcia de Freitas, foi empossado na noite desta sexta-feira (14) no lugar do general Paulo Humberto Cesar de Oliveira. A solenidade foi realizada em Campo Grande e contou com a presenças de autoridades políticas e militares.

Uma das missões de Menandro no comando será o de destravar o Sisfron (Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras), programa de responsabilidade do Exército e que está em implantação em toda a fronteira brasileira. Entretanto, o contingenciamento de recursos nas Forças Armadas travou o programa.

"A presença do CMO em Campo Grande ajuda nesse apoio para não deixar as fronteiras desguarnecidas. Espero que o novo comandante consiga destravar até o ano que vem o Sisfron", comenta o governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Reinaldo também frisa que todas torres estão instaladas, mas o sistema segue no papel por causa do contingenciamento, situação que já foi dada o devido encaminhamento após conversa do governador com o Exército.

"Ano que vem sai do papel e vai funcionar efetivamente, atuando em conjunto com o Centro de Monitoramento dos Crimes de Fronteira que será montado em Campo Grande e integrará forças policiais", destaca o governador.

Reinaldo foi uma das autoridades presentes e disse esperar que o Sisfron seja efetivado já ano que vem  (Foto: Alcides Neto)Reinaldo foi uma das autoridades presentes e disse esperar que o Sisfron seja efetivado já ano que vem (Foto: Alcides Neto)

Menandro apontou Mato Grosso do Sul como uma região historicamente estratégica. "Não é só por ser o grande celeiro do país, um grande exportador, mas também por causa das belezas naturais que temos aqui e da problemática as fronteiras. Desde o período colonial o Exército está aqui".

Além disso, o general lembrou da importância de homenagear militares que ajudaram na manutenção do CMO, como o general Paulo Humberto, que ganhou uma placa na galeria de comandantes do CMO. "É uma galeria que mantém uma cultura de preservar a memória do Exército", ressalta.

"Gostaria de ter ficado mais, mas temos que sair para novas missões. Tive uma época muito feliz, vou guardar com muito carinho. Se eu pude ajudar em alguma coisa, já me sinto realizado", disse Paulo Humberto.

Logo após o descerramento da placa, os militares e demais presentes - como prefeito Alcides Bernal (PP), o deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) e o comandante geral do Exército, Eduardo Dias da Costa Villas Bôas - foram para o gramado, onde foram cumpridos diversos protocolos militares, como desfile das tropas, entre outros.

Paulo Humberto ficou à frente do CMO por um ano e seis meses, indo agora para a chefia do Coter (Comando de Operações Terrestres), em Brasília (DF). Já Menandro, nascido em Resende (RJ), tem 62 anos e serviu em Mato Grosso do Sul como oficial de operações do 47º Batalhão de Infantaria, em Coxim.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions