A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

23/10/2012 19:53

O reencontro com Mel, a poodle que foi roubada junto com TV e celulares

Elverson Cardozo
Na delegacia, mãe e filha reencontraram Mel, que estava desaparecida desde o dia 15. (Foto: Rodrigo Pazinato)Na delegacia, mãe e filha reencontraram Mel, que estava desaparecida desde o dia 15. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Há 1 ano, quando Luanna viu Mel no meio de outros cinco filhotes de poodles, foi paixão à primeira vista. A cadelinha preta, de olhos escuros, foi adotada na hora e, desde então, tornou-se a mais nova integrante da família Caramalac.

Mas, no meio deste mês, Luanna Motti Caramalac, de 4 anos, se viu longe da xodó, a quem deu o nome. No último dia 15, a cadela foi levada por uma quadrilha especializada em furtar residências. A menina, de tão apegada, quase adoeceu.

“Ela ia para a escola e falava: eu não vou ver a Mel?”, contou a mãe da garota, a pedagoga Léa Marcia Motti Caramalac, de 40 anos. Hoje, 8 dias após o desaparecimento do animal, ela fez questão de levar a filha à Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) para reencontrar o bicho que foi resgatado pela polícia, ontem (22), em uma casa localizada no bairro Mário Covas.

O reencontro, no final da tarde desta terça-feira (23), na delegacia, rendeu lágrimas de emoção da mãe, que não acreditava em um final feliz. Diante da ausência, ela tentou, por uma semana, confortar a menina.

Luanna não desgrudou da xodó, a quem deu o nome. (Foto: Rodrigo Pazinato)Luanna não desgrudou da xodó, a quem deu o nome. (Foto: Rodrigo Pazinato)

“Ela sentiu muita falta, especialmente pela manhã e à noite, quando pedia para ver a Mel. Eu falava para ela que existem pessoas boas, mas, infelizmente, existem as más”, disse.

Na tentativa de acalmar Luanna, Léa comprou uma nova cadela para a filha, da mesma raça e cor, mas o amor dispensado pela menina não foi o mesmo. “Ela não demonstrou o mesmo carinho”, afirmou.

Na delegacia, a garota, ao encontrar Mel, não dispensou uma só palavra aos jornalistas. Preferiu dar atenção total à cadelinha que, nos braços dela, parecia estar em casa, feliz por ter reencontrado a verdadeira família. A estrela da tarde, hoje, foi ela.

O crime - Não contentes em arrombar o portão de elevação da casa, ameaçar e render moradores com revólveres, roubar duas televisões, um videogame, aparelhos celulares e documentos, os bandidos que entraram na casa de Luanna resolveram levar a cadela de estimação da menina.

O furto, que virou roubo, aconteceu em segunda-feira, na Vila Planalto, em Campo Grande. A garota e a mãe, felizmente, não assistiram a ação dos bandidos.

Luanna conheceu Mel há 1 ano e foi paixão à primeira vista. (Foto: Rodrigo Pazinato)Luanna conheceu Mel há 1 ano e foi paixão à primeira vista. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Estavam em casa apenas o irmão dela, na companhia da namorada. O jovem, que prefere não ser identificado, contou que percebeu um barulho do lado de fora da residência e, quando foi à janela do quarto, que dá de frente para a rua, foi abordado pelos assaltantes.

Segundo boletim de ocorrência registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da região central, dois indivíduos entraram no imóvel, armados com revólveres calibre 38.

Eles pediram que as vítimas deitassem no chão, enquanto furtavam os eletrodomésticos e a cadela. “Acho que levaram ela porque ela começou a latir”, disse.

A ação toda demorou menos que cinco minutos, relatou. Os criminosos só levaram outras coisas porque o vizinho percebeu a movimentação, o que assustou os bandidos.

Mel foi a estrela do dia e até pousou para foto ao lado da placa da Derf. (Foto: Rodrigo Pazinato)Mel foi a estrela do dia e até pousou para foto ao lado da placa da Derf. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Essa é a segunda vez, em menos de 20 dias, que a casa de Luanna é assaltada. Na primeira vez levaram o carro de Léa Marcia. A pedagoga agora pretende investir em segurança. “Vamos colocar câmeras”, finalizou.

Quadrilha - A Polícia Civil informou que os criminosos que entraram na casa da família imaginavam que não haveria ninguém no local. A ação foi realizada por dois menores, de 17 anos, e José Fernando, de 21 anos, que deu apoio como motorista de um Fiat Uno.

Os produtos roubados foram vendidos para o receptor da quadrilha, Jackson Claudio. Tudo deu cerca de R$ 1 mil, incluindo a cadela que foi comercializada a R$ 50,00. Mel estava na casa da mãe de Jackson.

Ontem, por volta das 14h, dois dos três envolvidos no roubo foram presos em flagrante pelo mesmo crime. Denuncia anônima levou a polícia até o bairro Vilas Boas, em Campo Grande, onde o bando havia roubado outra residência. A polícia acredita que a quadrilha é composta por 6 integrantes.

Confira o vídeo gravado pela polícia que mostra o resgate da cadela Mel:



Não podemos mais viver com tranquilidade hoje em dia, mas o bairro está tomando providencias, lá na rua todos vamos colocar camera, vamos investir muito em segurança.
 
Bruna Souza em 25/10/2012 09:52:14
estamos muito felizes por retorna da mel, e alegria de nossa rua, o nosso obrigado o grande trabalho da policia, mesmo sem condições de exercerem, fazem o melhor pela sociedade.
 
ramiro costa em 24/10/2012 13:10:30
tia leia sou eu gabriea valdez motti e murilo te amo vai la em casa
 
gabriela valdez motti em 24/10/2012 11:25:46
Nossa!!!! que EMOÇÃO... que princesa essa garotinha e a cadelinha é uma FOFURA...
Imagino o sofrimento tanto da pequena Luanna, quanto da Mel durante esse período de pesadelo.
Espero que esses MARGINAIS, fiquem um bom tempo fora de circulação, o interessante seria se fossem para SEMPRE. Mas, com essas LEIS rídiculas, estúpidas, ultrapassadas (mais de cinquenta anos),não duvido de estarem soltos. Principlamente com essa LEI BURRA... que não prende DELINQUENTES próximo a período eleitoral, salvo em flagrante delito, isso é preciso ser revisto com URGÊNCIA.
Boa Sorte !!!a família e a bela cadelinha Mel, que Deus proteja a todos de qualquer mal.
 
Neyde de Oliveira em 24/10/2012 10:24:46
só quem tem uma em casa para saber o quanto eles são importante para nós é como se fossem da família

PARABÉNS POLICIAIS PELO IMPORTANTE RESGATE DEUS ABENÇOA VOCÊS
 
eliane rodrigues albuquerque vilhalba em 24/10/2012 09:05:51
Que maravilha, a pequena Luanna teve um final feliz em resgatar a sua cachorrinha Mel, e com certeza mais feliz ainda está Mel em reencontrar sua familia! Parabens!
 
Cristiane Lima em 24/10/2012 07:24:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions