A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Setembro de 2019

21/08/2019 13:00

Obra está no prazo, diz Marquinhos sobre centro virar “shopping a céu aberto”

Prefeito espera inaugurar a revitalização da região central até o dia 30 de novembro

Izabela Sanchez
Rua 14 de julho em processo de transformação (Foto: Henrique Kawaminami)Rua 14 de julho em processo de transformação (Foto: Henrique Kawaminami)

Fios subterrâneos, mudança na qualidade das vias, no trânsito, além da promessa de melhora no conforto das pessoas. São detalhes do Reviva Centro, o pacotão de obras que transforma o centro comercial de Campo Grande na espera torná-lo um Shopping a céu aberto.

Nesta quarta-feira (21), o Prefeito Marquinhos Trad (PSD) disse que as obras estão dentro do prazo: 30 de novembro. “Se Deus nos permitir até dia 30 de novembro todo o quadrilátero central, com a plantação das árvores, com as áreas de descanso, com wi-fi de graça, com a iluminação completa, com a retirada de postes e embutimento de fios e com segurança pública, sem vendedores ambulantes, sem trânsito de ônibus coletivo ali”, comentou.

“Vai ser um shopping a céu aberto, 30 de novembro é a previsão e está dentro do prazo”, emendou. Na Rua 14 de julho, principal via das reformas, 85% do trabalho já está feito. Por ali emaranhados de fios serão transferidos para o subterrâneo, obra que começou no dia 20 de julho.

Prefeito inaugurou obras de pavimentação no Jardim Botafogo nesta quarta-feira (21) (Foto: Izabela Sanchez)Prefeito inaugurou obras de pavimentação no Jardim Botafogo nesta quarta-feira (21) (Foto: Izabela Sanchez)

Em 1,4 km da 14, serão 50 mil metros de cabos só para energia. Além disso, a rede de telefonia, tv por assinatura e sinalização semafórica ficará abaixo do solo. O sistema inclui ainda a rede de água e esgoto, de drenagem e de gás canalizado.

Haverá uma pequena “vila” debaixo da terra para assegurar essa estrutura. Os transformadores, por exemplo, ficarão em “casinhas”, com acesso para os funcionários da empresa de distribuição de energia quando for preciso fazer reparos.

Financiado pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento), o Reviva Campo Grande começou em 4 de junho de 2018, com previsão de transformar a região. O valor do contrato original é de R$ 49 milhões.

O prazo final para entrega é março do ano que vem, mas a construtora fez compromisso com a Prefeitura de antecipar esse prazo para dezembro, a tempo das vendas de fim de ano, depois de muitas reclamações dos comerciantes com os bloqueios que afastaram clientes.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions