A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

31/10/2012 16:49

Paciente esperou por atendimento porque caso não era urgente, diz HU

Gabriel Neris
Imagem mostra o aposentado aguardando atendimento no Pronto-Socorro do HU (Foto: Gleison Hugo Lopes)Imagem mostra o aposentado aguardando atendimento no Pronto-Socorro do HU (Foto: Gleison Hugo Lopes)

A assessoria de imprensa do HU (Hospital Universitário) informou que o atendimento de Jeremias Pereira de Moraes, 78 anos, não era urgente, e por isso ele teve que aguardar na cadeira de rodas.

O aposentado teve um princípio de AVC (Acidente Vascular Cerebral) na manhã desta terça-feira (30), o segundo em quatro anos, e foi atendido no posto de saúde do bairro Aero Rancho. O médico determinou que Jeremias fosse para o Pronto-Socorro do HU.

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, consta no encaminhamento que o caso não era de caráter emergencial.

A família reclama que chegando ao HU, apenas uma cadeira de rodas foi cedida para que o aposentado aguardasse e não houve qualquer tipo de atendimento.

Reclamando de dores nas costas, Jeremias ficou esperando das 13h até por volta das 19h30 para ser atendido. Outro motivo da demora foi a lotação no hospital, segundo a assessoria.

Jeremias está internado e os exames preliminares confirmaram o princípio de AVC. De acordo com os médicos, o aposentado não apresentará sequelas, mas passará por outros exames hoje. A previsão é que receba alta amanhã.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions