A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

13/12/2011 12:08

Pacificação reduziu drasticamente criminalidade na Vila Nhá-Nhá, diz PM

Francisco Júnior e Fernando da Mata

Na operação realizada em agosto deste ano, quatro pessoas foram presas

Operação na Vila Nhá-Nhá contou com a participação de 300 policiais. (Foto: João Garrigó)Operação na Vila Nhá-Nhá contou com a participação de 300 policiais. (Foto: João Garrigó)

Dados da Polícia Militar apontam que após a operação de pacificação realizada em agosto deste ano, os índices de criminalidade na Vila Nhá-Nhá reduziram "drasticamente". Segundo a Polícia, as reduções mais significativas foram nos crimes de roubo e furto, além de ter aumentado as apreensões de drogas.

De acordos com o levantamento da PM, as ocorrências de roubo diminuíram 37,5% e de furto 38,1%. Após a ação, as apreensões de entorpecentes aumentaram 55,5%. Nestes três meses, segundo a polícia, não foram registrados homicídios no bairro.

Segundo o tenente coronel da PM, Reginaldo Medeiros, essa redução da criminalidade no bairro está diretamente relacionada à repressão do tráfico “formiguinha” (venda de entorpecentes em pequenas quantidades).

Uma base móvel da Polícia Comunitária foi instalada no bairro desde a ocupação. Atualmente, 20 policiais fazem o patrulhamento a pé pela região. Porém, conforme o coronel, esse número de PMs serão reduzidos gradativamente, já que serão utilizadas motos para rondas no bairro.

Está prevista para janeiro, a instalação permanente da base da Polícia Comunitária no bairro.

Operação – Durante a operação chamada de “Pacificação do Pró-Morar” realizada na manhã do dia 17 de agosto deste ano, quatro pessoas foram presas. A incursão, nas ruas estreitas e cheias de curva, contou com a participação de 300 policiais.

Dos quatro presos, nenhum consta na lista dos 12 mandados de prisão expedido pela 2º Vara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul que seriam cumpridos no bairro.

A ação ainda apreendeu duas armas de fogo, uma arma de brinquedo, drogas e cerca de R$ 500 em cédulas.

Durante a operação, várias residências foram vistoriadas, moradores foram revistados, o que mudou a rotina da população. Vários moradores saíram às ruas para observar o trabalho da Polícia nesta manhã.

A operação envolveu policiais militares dos três do 1º, 9º e 10º BPM (Batalhão da Polícia Militar), Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais), PM2 (Inteligência da Polícia Militar) e Gaeco (Grupo de Atuação Especial de repressão ao crime organizado).



não acabou o trafico na nhanhá, diminuiu, pois vejo sempre na rua sol nascente esquina com a rua do himalaia, os maloqueiros ficam lá sentados , vendendo droga. os carros param eles correm até o outro lado da rua e pegam a droga q está enterrada e entrega, a policia para revistam eles e nada encontram, pois a droga está do outro lado da rua enterrada, vou na regiao todo dia e vejo isso...
 
marcos ferraz em 13/12/2011 03:37:47
Ó querida Nha nhá, mais uma vez é noticia!!!!
 
Oswaldo Benites Junior em 13/12/2011 02:57:24
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions