A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Abril de 2019

16/12/2018 13:57

Para acabar com insegurança, convocados tentam vaga em concurso

Concurso oferece 1 mil vagas para carga horária com 20h semanais e salários de R$ 2.878

Viviane Oliveira e Guilherme Henri
Professor de Educação Física, Leonardo dá aula há 2 anos em escola privada  (Foto: Guilherme Henri) Professor de Educação Física, Leonardo dá aula há 2 anos em escola privada (Foto: Guilherme Henri)

Em busca de segurança com mais direitos e vantagens, professores que já estão na área ministrando aulas como convocados disputam uma das mil vagas de concurso público realizado na tarde deste domingo para a contratação de novos professores da REE (Rede Estadual de Ensino). Ao todo, 14.370 candidatos, de diferente regiões, realizam a prova em Campo Grande e Dourados.

A professora Elizângela Sales, 32 anos, que atua na área há 13 anos em Ivinhema, viajou 283 quilômetros, para fazer a prova na UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) e tentar garantir uma vaga no serviço público. 

Ela é contratada e conta que o último certame foi em 2013 e de lá para cá vem se preparando para ter um bom desempenho na prova. “Eu, assim como a maioria, quer deixar a insegurança do contrato para conseguir a estabilidade. Estou esperando uma prova difícil. Vai ser bem concorrido, mas a expectativa é boa”, diz confiante.

Compartilha da mesma opinião, Patrícia Costa Rodrigues, 26 anos, que há 5 anos aguarda o concurso com ansiedade. “Fiz o última prova e não passei. Desde então venho me preparando”, relata. Patricia também ministra aula como contratada e acredita que a experiência do dia a dia deve contribuir para a realização de uma boa prova.

Elizângela veio de Ivinhema para tentar vaga em concurso público  (Foto: Guilherme Henri) Elizângela veio de Ivinhema para tentar vaga em concurso público (Foto: Guilherme Henri)

Além da UCDB, a prova será aplica na Unigran, na Rua Abrão Júlio Rahe, no Centro. A sede da Unigran em Dourados também receberá candidatos. Os portões das universidades abriram às 12h e fecharam às 14h. Os candidatos terão 4 horas para responder às questões.

Os irmãos Thiago Brites, 29 anos, e Leonardo Brites, 24 anos, dão aula em escola privada e estão em busca de uma vaga em escolas públicas. Professor de Geografia há 7 anos, Thiago e o irmão querem estabilidade. “Não é tanto pelo salário, mas sim pela segurança”, reforça Leonardo, que ministra aula de Educação Física.

Esquema - Um esquema especial de segurança será montado pelo Governo do Estado, no próximo domingo (16), para garantir a boa realização do certame. Policiais militares atuam nas proximidades dos locais de prova. O concurso oferece 1 mil vagas para professores nas áreas de Arte, Ciências da Natureza - Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Estrangeira Moderna - Inglês, Língua Portuguesa/ Literatura, Matemática e Química. A carga horária para os cargos é de 20h semanais, com salários de R$ 2.878.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions