A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

18/03/2018 18:32

Para não ter título cancelado, Franklin correu e conseguiu último lugar na fila

Portões no Memorial da Cultura, no Centro de Campo Grande, fecharam 17h; quem não conseguiu entrar deve ter atenção para prazo de regularização

Liniker Ribeiro
Franklin precisou correr, mas conseguiu entrar para fazer biometria (Foto: Liniker Ribeiro)Franklin precisou correr, mas conseguiu entrar para fazer biometria (Foto: Liniker Ribeiro)

Os portões dos prédios onde a biometria está sendo realizada pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral), em Campo Grande, fecharam às 17h deste domingo (18). No Memorial da Cultura, localizado na avenida Fernando Correio da Costa, apesar do movimento baixo, nem todo mundo conseguiu atendimento, pois chegaram além do horário.

Quem precisou correr, mas conseguiu entrar, garante estar aliviado. É o caso do analista Franklin Gomes, de 24 anos, que comemorou conseguir entrar e, assim evitar problemas com o título de eleitor. “Recebi tanta coisa diferente no WhatsApp, ‘que vai cancelar CPF, que vai ter multa’, que na dúvida, eu vim logo. Porque mesmo que nada disso aconteça, só o cancelamento do meu título já me renderia dor de cabeça”, afirmou.

Ainda segundo ele, os afazeres do dia a dia acabaram impedindo sua ida antecipada ao local da biometria. “Demorei para vir porque tenho outros afazeres e um amigo meu chegou aqui 9h, hoje, e saiu quase 15h, então tentei buscar uma outra alternativa. Pensei que não fosse conseguir, mas que bom que deu tempo”, concluiu o Franklin.

Mas nem todo mundo comemorou a ida até o Memorial. Para Crislaine Aquino Santana, de 43 anos, o relógio foi um grande inimigo na tarde de hoje. “Eu saio do serviço sempre às 17h, ou seja, depois do fim do expediente. Eu não consegui vir antes, entro 9h no serviço e moro do outro lado da cidade, por isso tenho que sair de casa bem mais cedo e não consigo passar aqui antes”, justificou a funcionária de um supermercado.

Sem ter o que fazer, a eleitora deixou o local sem conseguir entrar. “Eles precisam entender que as pessoas trabalham, tenho certeza que um monte de gente saiu correndo para vir aqui hoje”, completou.

Um outro leitor, que não quis se identificar, afirmou que o problema foi o horário visto errado na internet. “Pedi para um amigo olhar até que horas funcionava aqui [o atendimento no Memorial da Cultura] e ele me disse que seria até 18h”, afirmou.

Atendimento – Segundo organizadores, a estimativa era de haver cerca de mil pessoas dentro do Memorial, vinte minutos antes dos portões serem fechados. A expectativa é de que os atendimentos terminam até 19h30.

Prazo - O prazo para quem irá fazer o primeiro título ou transferência, não encerra neste domingo (18), mas no dia 9 de maio. A meta era cadastrar 80% da população, e até ontem já havia atingido os 88%.

O TRE-MS fez uma parceria com a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). O Fórum Eleitoral funcionará entre 8h e 17h no sábado e domingo e para facilitar o acesso dos eleitores ao Parque dos Poderes, haverá reforço nas linhas 230 (Terminal Nova Bahia/Parque dos Poderes) e 521 (Parque dos Poderes/Centro). O atendimento também ocorrerá no Memorial da Cultura nos mesmos dias e horários.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions