A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

27/07/2016 18:32

Para vizinhos, 'traficante que ostentava' era só mais um trabalhador

Guilherme Henri
Residência do traficante que ostentava fica em uma rua de terra (Foto: Marina Pacheco)Residência do traficante que ostentava fica em uma rua de terra (Foto: Marina Pacheco)

Moradores do Jardim Centenário disseram que Ivan Borges Meireles, 27 anos suspeito de vender drogas no bairro e ainda ostentar com veículos de luxo não tinha contato com a vizinhança. No entanto, alguns deles confirmaram que o viam transitar na rua de terra em que morava, com carros e motos considerados caros.

Ao Campo Grande News, um casal que mora nas proximidades da casa de Iva, há 9 anos, disse que está surpreso com a notícia de que o vizinho vendia drogas e ainda afirmou que desde que se mudaram, o suspeito já morava no local. “Até onde sabemos Ivan morava com a mãe, que também não tinha contato com ninguém aqui da rua. Sempre o víamos com carros e motos, mas eu achava que era fruto do trabalho dele”, contou a mulher do casal, que preferiu ter sua identidade preservada.

Com medo, outra vizinha que também não quis se identificar e mora no local há 19 anos, disse que não conhecia quem morava na residência e também desconhecia o fato que ali funcionava um ponto de venda de entorpecentes. “Não saio de casa, pois cuida da minha mãe doente. Nunca conversei com esse pessoal”, afirma.

Ivan foi preso na madrugada desta quarta-feira, em sua residência localizada na rua Baliza, no Jardim Centenário. Segundo a polícia, apesar de morar em uma casa simples, um rapaz do bairro ostentava motos de altas cilindradas e carros de luxo. Desconfiados, investigadores passaram a monitorar a residência e na madrugada fizeram uma abordagem a Ivan.

O suspeito estava numa motocicleta, onde foram encontrados embaixo do banco 12 papelotes de cocaína. No bolso de Ivan também havia R$ 275 em notas baixas, o que indica o tráfico.

Em revista a casa do rapaz, a polícia encontrou 1,6 quilos de cocaína em 198 papelotes e mais quatro porções grandes, além de uma balança de precisão e R$ 2,1 mil.

Para polícia ele acabou confessando que é traficante e fornecia drogas para os vendedores de rua, "bocas de fumo" do bairro e para outros pontos de venda de droga, próximo a universidade Federal.

 

Na residência do suspeito a polícia apreendeu dinheiro e drogas (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)Na residência do suspeito a polícia apreendeu dinheiro e drogas (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)
Confundido com ladrão, homem causa acidente e acaba agredido
Flávio Guimarães Fernandes, 39 anos, foi confundido com ladrão e agredido por moradores após se envolver em acidente. O caso aconteceu na madrugada d...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions